Lucas Soares Lucas Soares 10/02/2014

E que comece a Libertadores!

Participantes brasileiros da Libertadores 2014A maior competição das Américas vai começar esta semana. Seis clubes brasileiros lutam pelo troféu que já está em solo canarinho desde 2010. De lá pra cá, Internacional (2010), Santos (2011), Corinthians (2012) e Atlético-MG (2013) conquistaram o título mais desejado do continente, aumentando ainda mais as esperanças de um time brasileiro se sagrar campeão na edição deste ano.

Após a fase conhecida como Pré-libertadores, Atlético-PR, de forma heroica, e Botafogo se classificaram e vão se juntar à Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio na fase de grupos. A coluna desta semana vai abordar, justamente, um pouco do caminho desses clubes, seu principal jogador para a competição e o caminho até a fase de mata-mata.

Atlético-MG

Atlético-MGAtual campeão das Américas, o Galo entra como um dos favoritos ao título. Com a manutenção de boa parte do elenco campeão no ano passado, o Atlético trocou de treinador e perdeu apenas Bernard dos jogadores considerados titulares da campanha vitoriosa, e se reforçou ainda mais. A grande perda, no entanto, é a saída de Cuca como técnico. Paulo Autori, que assumiu o lugar, ainda não conseguiu encaixar a equipe.

Principal jogador: Victor

Grande herói do título em 2013, com defesas de pênaltis em jogo normal e nas disputas, o goleiro atleticano é a principal esperança da torcida para não ter a meta vazada no torneio.

Caminho

No grupo 4, junto com Nacional (PAR), Zamora (VEN) e Santa Fé (COL), o Galo não deve ter dificuldades para se classificar. Provavelmente passa em primeiro do grupo, e com sobras.

Atlético-PR

Atlético ParananeseApós passar pelo Sporting Cristal (PER) de forma heroica na Pré-Libertadores, o Furacão chega moral à fase de grupos, embora tenha perdido alguns bons jogadores que fizeram parte da equipe que se classificou em 3º no Brasileirão de 2013, o treinador e parte da comissão técnica.

Principal jogador: Manoel

O zagueiro-artilheiro e capitão do clube é ídolo da torcida e um o principal nome da equipe. Cria da base, o jogador alcançou o status de incontestável na defesa do clube e é a grande esperança defensiva da equipe.

Caminho

No grupo 1, terá pela frente o The Strongest (BOL), o Universitario (PER) e o Velez Sarsfield (ARG) como adversários nesta fase. O time argentino e a altitude boliviana são os grandes adversários. Mas deve se classificar.

Botafogo

BotafogoDezessete anos depois, o Fogão está de volta à Libertadores. Após uma classificação na Pré-Libertadores com mais de 50 mil torcedores no Maracanã, o clube carioca entra como um dos times que pode surpreender na competição.

Principal jogador: Jefferson

O goleiro da Seleção Brasileira é, assim como Victor, a grande esperança dos torcedores. Com uma segurança fora do normal debaixo das traves, o experiente arqueiro assumiu a posição de líder do grupo após a saída de Seedorf.

Caminho

Um caminho difícil espera o Botafogo na fase de grupos. Com Independiente del Valle (EQU), Union Espanhola (CHI) e San Lorenzo (ARG) pela frente, o Botafogo terá que jogar muito bem para superar a altitude do Equador e o tradicional bom futebol argentino.

Cruzeiro

CruzeiroCampeão brasileiro com sobras em 2013, o Cruzeiro entra como a equipe mais valiosa do torneio e como um grande favorito. Manteve o elenco, se reforçou e tem tudo para fazer uma grande campanha.

Principal jogador: Éverton Ribeiro

O melhor jogador do Brasileirão de 2013 quer manter o ritmo e deixar acesa a chance de ser convocado para a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A principal competição continental pode abrir este caminho.

Caminho

Está no grupo 5, junto com Defensor (URU), Real Garcilaso (PER) e Universidade do Chile (CHI). É considerado um grupo difícil, mas não deve impedir o clube mineiro de se classificar em primeiro lugar.

Flamengo

FlamengoO rubro-negro carioca volta à Libertadores após dois anos e credenciado pelo título da Copa do Brasil. Apesar de ter perdido o principal jogador de 2013, Elias, a torcida aposta que o clube se reforçou e tem um elenco mais qualificado do que no ano passado.

Principal jogador: Hernane

O Brocador é a grande esperança de gols da equipe carioca na competição. Artilheiro do Brasil em 2013, Hernane ainda não atuou fora do país e precisa mostrar seu valor para tentar uma última cartada para a Copa do Mundo.

Caminho

No grupo 7, o Flamengo tem um caminho complicado pela frente. Com Bolivar (BOL), Leon (MEX) e Emelec (EQU) pela frente, o Mengão vai jogar contra equipes campeãs nacionais e contra altitude. A torcida já comprou mais de 15 mil ingressos antecipados para os três jogos que o clube fará no Maracanã.

Grêmio

GrêmioO tricolor gaúcho chega à Libertadores credenciado pelo vice-campeonato no Brasileirão de 2013 e com boa parte do elenco mantido, com reforços e um caldeirão esperando a estreia em solo internacional, a Arena Grêmio, inaugurada no fim de 2012.

Principal jogador: Hernán Barcos

O atacante argentino é a grande esperança do Grêmio para a Libertadores. Com experiência na competição, Barcos fala o idioma dos adversários e pode ser muito útil, tanto com a bola nos pés, quanto no jogo aéreo.

Caminho

Se existe um grupo da morte para os times brasileiros, é o grupo 6, do Grêmio. Com Nacional de Medelin (COL), Nacional (URU) e Newell's Old Boys (ARG) pela frente, ninguém é capaz de apontar quem serão os classificados. O único que corre por fora e não tem grandes chances é o clube colombiano.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 10/02/2014

E que comece a Libertadores!

Participantes brasileiros da Libertadores 2014A maior competição das Américas vai começar esta semana. Seis clubes brasileiros lutam pelo troféu que já está em solo canarinho desde 2010. De lá pra cá, Internacional (2010), Santos (2011), Corinthians (2012) e Atlético-MG (2013) conquistaram o título mais desejado do continente, aumentando ainda mais as esperanças de um time brasileiro se sagrar campeão na edição deste ano.

Após a fase conhecida como Pré-libertadores, Atlético-PR, de forma heroica, e Botafogo se classificaram e vão se juntar à Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio na fase de grupos. A coluna desta semana vai abordar, justamente, um pouco do caminho desses clubes, seu principal jogador para a competição e o caminho até a fase de mata-mata.

Atlético-MG

Atlético-MGAtual campeão das Américas, o Galo entra como um dos favoritos ao título. Com a manutenção de boa parte do elenco campeão no ano passado, o Atlético trocou de treinador e perdeu apenas Bernard dos jogadores considerados titulares da campanha vitoriosa, e se reforçou ainda mais. A grande perda, no entanto, é a saída de Cuca como técnico. Paulo Autori, que assumiu o lugar, ainda não conseguiu encaixar a equipe.

Principal jogador: Victor

Grande herói do título em 2013, com defesas de pênaltis em jogo normal e nas disputas, o goleiro atleticano é a principal esperança da torcida para não ter a meta vazada no torneio.

Caminho

No grupo 4, junto com Nacional (PAR), Zamora (VEN) e Santa Fé (COL), o Galo não deve ter dificuldades para se classificar. Provavelmente passa em primeiro do grupo, e com sobras.

Atlético-PR

Atlético ParananeseApós passar pelo Sporting Cristal (PER) de forma heroica na Pré-Libertadores, o Furacão chega moral à fase de grupos, embora tenha perdido alguns bons jogadores que fizeram parte da equipe que se classificou em 3º no Brasileirão de 2013, o treinador e parte da comissão técnica.

Principal jogador: Manoel

O zagueiro-artilheiro e capitão do clube é ídolo da torcida e um o principal nome da equipe. Cria da base, o jogador alcançou o status de incontestável na defesa do clube e é a grande esperança defensiva da equipe.

Caminho

No grupo 1, terá pela frente o The Strongest (BOL), o Universitario (PER) e o Velez Sarsfield (ARG) como adversários nesta fase. O time argentino e a altitude boliviana são os grandes adversários. Mas deve se classificar.

Botafogo

BotafogoDezessete anos depois, o Fogão está de volta à Libertadores. Após uma classificação na Pré-Libertadores com mais de 50 mil torcedores no Maracanã, o clube carioca entra como um dos times que pode surpreender na competição.

Principal jogador: Jefferson

O goleiro da Seleção Brasileira é, assim como Victor, a grande esperança dos torcedores. Com uma segurança fora do normal debaixo das traves, o experiente arqueiro assumiu a posição de líder do grupo após a saída de Seedorf.

Caminho

Um caminho difícil espera o Botafogo na fase de grupos. Com Independiente del Valle (EQU), Union Espanhola (CHI) e San Lorenzo (ARG) pela frente, o Botafogo terá que jogar muito bem para superar a altitude do Equador e o tradicional bom futebol argentino.

Cruzeiro

CruzeiroCampeão brasileiro com sobras em 2013, o Cruzeiro entra como a equipe mais valiosa do torneio e como um grande favorito. Manteve o elenco, se reforçou e tem tudo para fazer uma grande campanha.

Principal jogador: Éverton Ribeiro

O melhor jogador do Brasileirão de 2013 quer manter o ritmo e deixar acesa a chance de ser convocado para a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A principal competição continental pode abrir este caminho.

Caminho

Está no grupo 5, junto com Defensor (URU), Real Garcilaso (PER) e Universidade do Chile (CHI). É considerado um grupo difícil, mas não deve impedir o clube mineiro de se classificar em primeiro lugar.

Flamengo

FlamengoO rubro-negro carioca volta à Libertadores após dois anos e credenciado pelo título da Copa do Brasil. Apesar de ter perdido o principal jogador de 2013, Elias, a torcida aposta que o clube se reforçou e tem um elenco mais qualificado do que no ano passado.

Principal jogador: Hernane

O Brocador é a grande esperança de gols da equipe carioca na competição. Artilheiro do Brasil em 2013, Hernane ainda não atuou fora do país e precisa mostrar seu valor para tentar uma última cartada para a Copa do Mundo.

Caminho

No grupo 7, o Flamengo tem um caminho complicado pela frente. Com Bolivar (BOL), Leon (MEX) e Emelec (EQU) pela frente, o Mengão vai jogar contra equipes campeãs nacionais e contra altitude. A torcida já comprou mais de 15 mil ingressos antecipados para os três jogos que o clube fará no Maracanã.

Grêmio

GrêmioO tricolor gaúcho chega à Libertadores credenciado pelo vice-campeonato no Brasileirão de 2013 e com boa parte do elenco mantido, com reforços e um caldeirão esperando a estreia em solo internacional, a Arena Grêmio, inaugurada no fim de 2012.

Principal jogador: Hernán Barcos

O atacante argentino é a grande esperança do Grêmio para a Libertadores. Com experiência na competição, Barcos fala o idioma dos adversários e pode ser muito útil, tanto com a bola nos pés, quanto no jogo aéreo.

Caminho

Se existe um grupo da morte para os times brasileiros, é o grupo 6, do Grêmio. Com Nacional de Medelin (COL), Nacional (URU) e Newell's Old Boys (ARG) pela frente, ninguém é capaz de apontar quem serão os classificados. O único que corre por fora e não tem grandes chances é o clube colombiano.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 10/02/2014

E que comece a Libertadores!

Participantes brasileiros da Libertadores 2014A maior competição das Américas vai começar esta semana. Seis clubes brasileiros lutam pelo troféu que já está em solo canarinho desde 2010. De lá pra cá, Internacional (2010), Santos (2011), Corinthians (2012) e Atlético-MG (2013) conquistaram o título mais desejado do continente, aumentando ainda mais as esperanças de um time brasileiro se sagrar campeão na edição deste ano.

Após a fase conhecida como Pré-libertadores, Atlético-PR, de forma heroica, e Botafogo se classificaram e vão se juntar à Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio na fase de grupos. A coluna desta semana vai abordar, justamente, um pouco do caminho desses clubes, seu principal jogador para a competição e o caminho até a fase de mata-mata.

Atlético-MG

Atlético-MGAtual campeão das Américas, o Galo entra como um dos favoritos ao título. Com a manutenção de boa parte do elenco campeão no ano passado, o Atlético trocou de treinador e perdeu apenas Bernard dos jogadores considerados titulares da campanha vitoriosa, e se reforçou ainda mais. A grande perda, no entanto, é a saída de Cuca como técnico. Paulo Autori, que assumiu o lugar, ainda não conseguiu encaixar a equipe.

Principal jogador: Victor

Grande herói do título em 2013, com defesas de pênaltis em jogo normal e nas disputas, o goleiro atleticano é a principal esperança da torcida para não ter a meta vazada no torneio.

Caminho

No grupo 4, junto com Nacional (PAR), Zamora (VEN) e Santa Fé (COL), o Galo não deve ter dificuldades para se classificar. Provavelmente passa em primeiro do grupo, e com sobras.

Atlético-PR

Atlético ParananeseApós passar pelo Sporting Cristal (PER) de forma heroica na Pré-Libertadores, o Furacão chega moral à fase de grupos, embora tenha perdido alguns bons jogadores que fizeram parte da equipe que se classificou em 3º no Brasileirão de 2013, o treinador e parte da comissão técnica.

Principal jogador: Manoel

O zagueiro-artilheiro e capitão do clube é ídolo da torcida e um o principal nome da equipe. Cria da base, o jogador alcançou o status de incontestável na defesa do clube e é a grande esperança defensiva da equipe.

Caminho

No grupo 1, terá pela frente o The Strongest (BOL), o Universitario (PER) e o Velez Sarsfield (ARG) como adversários nesta fase. O time argentino e a altitude boliviana são os grandes adversários. Mas deve se classificar.

Botafogo

BotafogoDezessete anos depois, o Fogão está de volta à Libertadores. Após uma classificação na Pré-Libertadores com mais de 50 mil torcedores no Maracanã, o clube carioca entra como um dos times que pode surpreender na competição.

Principal jogador: Jefferson

O goleiro da Seleção Brasileira é, assim como Victor, a grande esperança dos torcedores. Com uma segurança fora do normal debaixo das traves, o experiente arqueiro assumiu a posição de líder do grupo após a saída de Seedorf.

Caminho

Um caminho difícil espera o Botafogo na fase de grupos. Com Independiente del Valle (EQU), Union Espanhola (CHI) e San Lorenzo (ARG) pela frente, o Botafogo terá que jogar muito bem para superar a altitude do Equador e o tradicional bom futebol argentino.

Cruzeiro

CruzeiroCampeão brasileiro com sobras em 2013, o Cruzeiro entra como a equipe mais valiosa do torneio e como um grande favorito. Manteve o elenco, se reforçou e tem tudo para fazer uma grande campanha.

Principal jogador: Éverton Ribeiro

O melhor jogador do Brasileirão de 2013 quer manter o ritmo e deixar acesa a chance de ser convocado para a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A principal competição continental pode abrir este caminho.

Caminho

Está no grupo 5, junto com Defensor (URU), Real Garcilaso (PER) e Universidade do Chile (CHI). É considerado um grupo difícil, mas não deve impedir o clube mineiro de se classificar em primeiro lugar.

Flamengo

FlamengoO rubro-negro carioca volta à Libertadores após dois anos e credenciado pelo título da Copa do Brasil. Apesar de ter perdido o principal jogador de 2013, Elias, a torcida aposta que o clube se reforçou e tem um elenco mais qualificado do que no ano passado.

Principal jogador: Hernane

O Brocador é a grande esperança de gols da equipe carioca na competição. Artilheiro do Brasil em 2013, Hernane ainda não atuou fora do país e precisa mostrar seu valor para tentar uma última cartada para a Copa do Mundo.

Caminho

No grupo 7, o Flamengo tem um caminho complicado pela frente. Com Bolivar (BOL), Leon (MEX) e Emelec (EQU) pela frente, o Mengão vai jogar contra equipes campeãs nacionais e contra altitude. A torcida já comprou mais de 15 mil ingressos antecipados para os três jogos que o clube fará no Maracanã.

Grêmio

GrêmioO tricolor gaúcho chega à Libertadores credenciado pelo vice-campeonato no Brasileirão de 2013 e com boa parte do elenco mantido, com reforços e um caldeirão esperando a estreia em solo internacional, a Arena Grêmio, inaugurada no fim de 2012.

Principal jogador: Hernán Barcos

O atacante argentino é a grande esperança do Grêmio para a Libertadores. Com experiência na competição, Barcos fala o idioma dos adversários e pode ser muito útil, tanto com a bola nos pés, quanto no jogo aéreo.

Caminho

Se existe um grupo da morte para os times brasileiros, é o grupo 6, do Grêmio. Com Nacional de Medelin (COL), Nacional (URU) e Newell's Old Boys (ARG) pela frente, ninguém é capaz de apontar quem serão os classificados. O único que corre por fora e não tem grandes chances é o clube colombiano.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.