Lucas Soares Lucas Soares 1/06/2015

Surpresos com a crise na FIFA? Eu não...

Na última semana, o mundo da bola entrou em choque com a notícia da corrupção na FIFA sobre tráfico de influência, pagamento de propinas e etc e tal. Cartolas foram presos pelo FBI, a polícia federal americana, e outros tantos estão sendo investigados no mundo todo. Algumas pessoas ficaram surpresas e outras só acharam que a justiça estava sendo feita.

Sabe aquela coisa que todo mundo desconfia que existe, mas não tem ninguém pra provar? Então, esse era o caso da FIFA. Não foram poucas denúncias de jornais e blogs estrangeiros, principalmente sobre a Copa de 2022, no Catar. A casa caiu e a expectativa é de um futebol mais honesto a partir de então.

No Brasil, no mesmo dia, o senador Romário conseguiu assinaturas suficientes para criar a CPI da CBF. Serão investigados contratos, convocações, e até a Copa do Mundo do ano passado vai entrar na conta. Nada mais justo. Esperamos poder descobrir o que acontece por trás daquilo tudo que vemos, porque alguns jogadores são convocados em detrimento à outros - como foi noticiado pelo Estadão antes do escândalo. O absurdo é tão grande que há a suspeita de que, por contrato, apenas jogadores de renome poderiam estar no grupo. Isso explicaria algumas convocações passadas...

Se a Seleção Brasileira for do povo, como insistem em "vender" pra gente, que seja de verdade. Que estejam no grupo os melhores, e não porque a Nike ou a contratante do amistoso mandou. A própria CBF se diz uma empresa privada, por isso, reluta em ser investigada. Mas a prisão de Marin foi só a primeira. Outros estão na mira, como o atual presidente, Marco Polo del Nero, e os ex-presidentes Ricardo Teixeira e João Havelange. Vamos aguardar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 1/06/2015

Surpresos com a crise na FIFA? Eu não...

Na última semana, o mundo da bola entrou em choque com a notícia da corrupção na FIFA sobre tráfico de influência, pagamento de propinas e etc e tal. Cartolas foram presos pelo FBI, a polícia federal americana, e outros tantos estão sendo investigados no mundo todo. Algumas pessoas ficaram surpresas e outras só acharam que a justiça estava sendo feita.

Sabe aquela coisa que todo mundo desconfia que existe, mas não tem ninguém pra provar? Então, esse era o caso da FIFA. Não foram poucas denúncias de jornais e blogs estrangeiros, principalmente sobre a Copa de 2022, no Catar. A casa caiu e a expectativa é de um futebol mais honesto a partir de então.

No Brasil, no mesmo dia, o senador Romário conseguiu assinaturas suficientes para criar a CPI da CBF. Serão investigados contratos, convocações, e até a Copa do Mundo do ano passado vai entrar na conta. Nada mais justo. Esperamos poder descobrir o que acontece por trás daquilo tudo que vemos, porque alguns jogadores são convocados em detrimento à outros - como foi noticiado pelo Estadão antes do escândalo. O absurdo é tão grande que há a suspeita de que, por contrato, apenas jogadores de renome poderiam estar no grupo. Isso explicaria algumas convocações passadas...

Se a Seleção Brasileira for do povo, como insistem em "vender" pra gente, que seja de verdade. Que estejam no grupo os melhores, e não porque a Nike ou a contratante do amistoso mandou. A própria CBF se diz uma empresa privada, por isso, reluta em ser investigada. Mas a prisão de Marin foi só a primeira. Outros estão na mira, como o atual presidente, Marco Polo del Nero, e os ex-presidentes Ricardo Teixeira e João Havelange. Vamos aguardar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 1/06/2015

Surpresos com a crise na FIFA? Eu não...

Na última semana, o mundo da bola entrou em choque com a notícia da corrupção na FIFA sobre tráfico de influência, pagamento de propinas e etc e tal. Cartolas foram presos pelo FBI, a polícia federal americana, e outros tantos estão sendo investigados no mundo todo. Algumas pessoas ficaram surpresas e outras só acharam que a justiça estava sendo feita.

Sabe aquela coisa que todo mundo desconfia que existe, mas não tem ninguém pra provar? Então, esse era o caso da FIFA. Não foram poucas denúncias de jornais e blogs estrangeiros, principalmente sobre a Copa de 2022, no Catar. A casa caiu e a expectativa é de um futebol mais honesto a partir de então.

No Brasil, no mesmo dia, o senador Romário conseguiu assinaturas suficientes para criar a CPI da CBF. Serão investigados contratos, convocações, e até a Copa do Mundo do ano passado vai entrar na conta. Nada mais justo. Esperamos poder descobrir o que acontece por trás daquilo tudo que vemos, porque alguns jogadores são convocados em detrimento à outros - como foi noticiado pelo Estadão antes do escândalo. O absurdo é tão grande que há a suspeita de que, por contrato, apenas jogadores de renome poderiam estar no grupo. Isso explicaria algumas convocações passadas...

Se a Seleção Brasileira for do povo, como insistem em "vender" pra gente, que seja de verdade. Que estejam no grupo os melhores, e não porque a Nike ou a contratante do amistoso mandou. A própria CBF se diz uma empresa privada, por isso, reluta em ser investigada. Mas a prisão de Marin foi só a primeira. Outros estão na mira, como o atual presidente, Marco Polo del Nero, e os ex-presidentes Ricardo Teixeira e João Havelange. Vamos aguardar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.