• Assinantes
  • Esporte
    Quinta-feira, 17 de maio de 2012, atualizada às 16h59

    Centenário: Futebol de Mesa do Tupi homenageia o clube com torneio

    Thiago Stephan
    Repórter
    Futebol de Mesa

    No próximo dia 26, o Tupi completa cem anos de fundação. Para homenagear a instituição neste momento histórico, o Futebol de Mesa carijó realiza no domingo, 20, o "Torneio de 100 anos do Tupi Football Club". A competição, que será disputada na modalidade dadinho, contará com a participação de 22 botonistas, sendo dezesseis de Juiz de Fora (Tupi e Futrica) e seis do Olimpic, de Barbacena. O torneio será disputado na Sede Social do Tupi, que fica na Rua José Calil Ahouagi 332, Centro. As disputas terão início às 9h, com previsão de término às 15h.

    O botonista Luiz Henrique Colla está à frente da organização. Segundo ele, homenagear o clube em seu centenário é uma maneira também de resgatar a história do futebol de mesa na cidade. "O Tupi é uma referência na cidade por ser uma das entidades que apresenta Juiz de Fora ao Brasil, principalmente pelo seu futebol. Mas isso também ocorre com o futebol de mesa. Na modalidade três toques, por exemplo, o Tupi é o único hexacampeão brasileiro e tem vários destaques individuais em nível nacional. O centenário também resgata essa história de grandeza", analisa.

    A modalidade três toques é a mais tradicional na cidade. Entretanto, a competição de domingo será na dadinho, que está em franco crescimento. "A recepção ao dadinho está sendo excelente. Podemos avaliar devido à procura. Várias pessoas têm vindo ao Tupi, buscando informações sobre o horário de funcionamento do futebol de mesa. A venda de botões nas lojas cresceu desde que passamos a divulgar e jogar essa modalidade em Juiz de Fora. Pessoas de outras cidades, como Leopoldina, Matias Barbosa, Bicas e Guarani estão nos procurando para participar", expõe.

    Apesar de ser o maior favorito ao título, Luiz Henrique acredita que a disputa será bastante acirrada. "A expectativa é que o torneio seja disputado em um clima harmonioso entre os participantes. Será uma disputa bastante acirrada, já que o nível técnico é muito elevado", prevê o organizador.

    Por que dadinho?

    A modalidade dos três toques usa uma esfera de feltro de um centímetro de diâmetro como bola. Na modalidade dadinho, a bola é um dado (sic). Mas, se engana quem pensa que com uma "bola quadrada" não é possível realizar belas jogadas. Os botonistas conseguem tirar diferentes efeitos do cubo que, segundo os praticantes da modalidade, é bom para fazer gol de cobertura.

    As diferenças entre as duas regras vão além. Na três toques, como o próprio nome diz, cada participante dá um sequência máxima de três palhetadas, passando, em seguida, a vez ao adversário. Cada partida dura 50 minutos, divididos em dois tempos de 25. No dadinho, as partidas duram 14 minutos, divididas em dois tempos de sete, e os técnicos palhetam até nove vezes, três com cada botão, com a sequência terminando, obrigatoriamente, em chute a gol, o que não ocorre na outra modalidade.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.