Juiz de Fora - MG

Quinta-feira, 8 de agosto de 2013, atualizada às 18h51

Após 21 dias, Tupi acerta os salários atrasados. Novas parcerias estão em andamento

Cíntia Charlene
*Colaboração
tupi

Após 21 dias de atraso, os jogadores do Tupi tiveram seus salários regularizados. De acordo com o diretor executivo do clube, Alberto Simão, os compromissos foram cumpridos. "Todo mundo sabe da dificuldade que o time passa, mas independente se o salário foi pago ou não, a dedicação dos atletas sempre foi a mesma. Aqui o clima é ótimo, não tivemos nenhum tipo de problema, e não escondemos nada. Sabemos da nossa obrigação, mas a cidade não tem apoiado do elenco Carijó. Estamos correndo atrás de mais apoio para que isso não aconteça novamente'', declara. 

Simão afirma que o time está motivado, e com o salário em dia, os jogadores ficam mais tranquilos. ''O time está empenhado e motivado, apesar dos problemas. Nós estamos cumprindo rigorosamente o projeto. Temos uma série de benefícios, além dos salários", acrescenta.

Sobre a negociação com novos parceiros, o diretor afirma que o anúncio será feito entre esta sexta e segunda-feira. ''Estamos em negociação com três novas empresas da cidade. Com a transportadora Camilo dos Santos, já avançamos bastante, agora estamos em processo de finalização da parte burocrática. Além disso, duas empresas estão fechando a parceria com o Tupi", revela.

O próximo jogo do Carijó vai ocorrer neste sábado, 10, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da série D. A partida será realizada em casa, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, às 16h, contra o Resende.

*Cintia Charlene é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.