• Assinantes
  • Esporte
    Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014, atualizada às 10h05

    UFJF vence Brasil Kirin e alcança posição inédita na Superliga

    UFJF

    Em sua última partida pela Superliga 2013/2014 o Vôlei UFJF fez história. A equipe venceu o Vôlei Brasil Kirin por 3 sets a 1 (parciais de 21/19, 22/24, 21/15 e 21/19) e conquistou a sua oitava vitória na competição, a sexta nos últimos sete jogos. O central Lucão foi o melhor jogador da partida e ganhou o troféu Viva Vôlei.

    Com o resultado, os juiz-foranos alcançaram 25 pontos e garantiram o nono lugar na tabela. A posição não classifica a equipe para os playoffs da liga, mas passa a ser a melhor colocação da equipe em toda a sua participação na Superliga desde o início do projeto na temporada 2011/2012.

    O jogo

    A partida começou equilibrada e com as equipes se revezando no placar, mas logo os visitantes colocaram três pontos de vantagem (3x6). A UFJF diminuiu a vantagem com Dede e uma bola de segunda de Rivoli, mas o Vôlei Brasil Kirin levou o primeiro tempo técnico por 7 a 5. Na volta, a equipe juiz-forana rapidamente empatou o jogo (8x8). Após boa jogada de Dede pela esquerda, os donos da casa fizeram 14 a 13 e venceram o segundo tempo técnico. Com um ace de Rivoli, a UFJF abriu dois pontos de frente e o técnico Alexandre Rivetti parou o jogo. A equipe de Campinas empatou (19x19), mas os donos da casa venceram o primeiro set por 21 a 19 com bola de cheque de De Paula.

    Embalado, o Vôlei UFJF começou bem o segundo set colocou 6 a 3 no placar. O Brasil Kirin se recuperou e conseguiu empatar (6x6), mas os donos da casa venceram o primeiro tempo técnico por 7 a 6. Com dois pontos de bloqueio, a equipe juiz-forana abriu 10 a 7 e Alexandre Rivetti resolveu parar o jogo. O Brasil Kirin melhorou e conseguiu virar o jogo (10x11), mas a UFJF se recuperou e venceu também o segundo tempo técnico por 14 a 12. O equilíbrio entre as equipes se manteve até o final do segundo set. Com ace de Diogo, o Vôlei Brasil Kirin fez 24 a 22 e empatou a partida.

    O terceiro set começou bem equilibrado e com as duas equipes se revezando no placar. Ao final do primeiro tempo técnico o Vôlei UFJF vencia por 7 a 5. Empurrados pela torcida, a vantagem juiz-forana aumentou para três pontos (12x9), mas o Brasil Kirin se recuperou e conseguiu empatar (13x13). Com Jardel explorando o bloqueio, a UFJF fez 14 a 13 e venceu também a segunda parada técnica. Foi então que os donos da casa dispararam no placar e colocaram cinco pontos de vantagem (18x13). Com bom ataque de De Paula, o Vôlei UFJF fez 21 a 15 e levou o terceiro set.

    Assim como no set anterior, o quarto set começou disputado. O Vôlei Brasil Kirin venceu o primeiro tempo técnico por 7 a 6. Na volta o equilíbrio entre as equipes permaneceu e o jogo caminhava para um final morno. Até que Rivoli salvou uma bola perdida e, na sequência, Mineiro jogou para fora. Ponto da UFJF que trouxe a torcida de volta para o jogo. Com largadinha de Japa, os juiz-foranos fizeram 14 a 11 e venceram também a segunda parada técnica. Com a torcida apoiando os donos da casa, a equipe de Juiz de Fora fez 21 a 19 e venceu a partida.

    Com informações da Secom UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.