Programação da passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora é divulgada

Revezamento está previsto para começar exatamente às 17h24 de domingo (15)

Lucas Soares
Repórter
13/05/2016

A passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora será no próximo domingo, 15 de maio. Durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, o vice-prefeito e coordenador da força tarefa da Tocha em Juiz de Fora, Sérgio Rodrigues, explica que o percurso iniciará pontualmente às 17h24 de domingo. "Será um grande momento para a cidade. Para nós, o revezamento começou com o Giovane Gávio, lá na Grécia, sendo o primeiro brasileiro a conduzir a Tocha. Aqui, a tocha sairá do Parque da Lajinha, chegará ao Cascatinha e vai descer pela avenida Itamar Franco. Convidamos os amigos da Ascomcer e da Fundação Ricardo Moysés para participar deste momento na Curva do Lacet. Na Praça Jarbas de Lery Santos, em São Mateus, terá um evento gastronômico com comidas típicas de alguns países. O colégio do Jesuítas irá expor a medalha de ouro do Giovane e terá uma programação preparada por eles", comenta.

Após a passagem pela Itamar Franco, os corredores chegam ao Parque Halfeld, onde haverá atividades culturais ao longo do dia. "Elas acontecem pela manhã e a tarde, para ficarmos na expectativa. Depois do Parque Halfeld, a tocha desce a rua Halfeld e chega ao Cine-Theatro Central, para ser fotografada, seguindo para o Morro da Glória, onde vai passar pelo Centro Cultural Dnar Rocha e pelo Museu Mariano Procópio. Nesses locais, também haverá atividades culturais. No Museu, ela circulará pelo lago e, durante a passagem, vamos ter uma atividade bacana que irá replicar a chegada de Dom Pedro, em uma visita que ele fez ao Mariano Procópio, em que foi recebido com uma iluminação feita com tochas", continua.

Do Museu, a tocha seguirá pela Rui Barbosa e, em seguida, para a avenida Brasil. "Ela chegará ao Terreirão do Samba, que ficou conhecido com esse nome porque lá foram realizadas as principais atividades do samba da cidade. E nesse dia ocorre o encerramento oficial das suas atividades, com uma programação com música brasileira, muito samba, já que ali será construído o novo prédio do fórum da cidade."

Trânsito

O trânsito na cidade será bastante modificado no domingo. O chefe do Departamento de Fiscalização de Transporte e Trânsito da Settra, Paulo Peron Junior, afirma que os trabalhos começarão ainda na madrugada, sinalizando as vias. "Nossas equipes vão fazer a sinalização proibindo o estacionamento, que é uma necessidade de segurança, para não ter nenhuma obstrução no percurso. Temos que evitar qualquer tipo de transtorno. A atuação dos agentes é para coibir o estacionamento irregular e até a remoção destes veículos, caso os condutores não sejam encontrados. Ao longo de todo o percurso, as vias com canteiro central terão o sentido do percurso da tocha totalmente interditado. O lado oposto ficará com interdições parciais para ajudar na travessia do público. As vias que não têm canteiros centrais serão totalmente interditadas momentos antes. À frente do comboio do Rio 2016, nossa equipe fará essa fiscalização para que não haja nenhum veículo pelo caminho", afirma.

Emoção

O mesatenista paralímpico Alexandre Ank é um dos atletas escolhidos pela Nissan para conduzir a tocha. Ele se diz ansioso para este momento. "Vai ser uma honra muito grande, principalmente pelo esforço que fiz em 2007 e ter me classificado nas Olimpíadas de Pequim (2008). Isso me remete a uma grande lembrança da minha carreira", diz.

O campeão olímpico de voleibol, André Nascimento, que cresceu em Juiz de Fora, irá conduzir a tocha pela segunda vez, mas afirma que esta será especial. "Tenho muito a agradecer a cidade por essa oportunidade, já que foi aqui que aprendi a jogar e a gostar do vôlei. Vou levar no meu coração a minha família e o meu filho, que incentivo a praticar esportes, junto comigo nesse momento", garante.

-

Programação da passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora é divulgada

Revezamento está previsto para começar exatamente às 17h24 de domingo (15)

Lucas Soares
Repórter
13/05/2016

A passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora será no próximo domingo, 15 de maio. Durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, o vice-prefeito e coordenador da força tarefa da Tocha em Juiz de Fora, Sérgio Rodrigues, explica que o percurso iniciará pontualmente às 17h24 de domingo. "Será um grande momento para a cidade. Para nós, o revezamento começou com o Giovane Gávio, lá na Grécia, sendo o primeiro brasileiro a conduzir a Tocha. Aqui, a tocha sairá do Parque da Lajinha, chegará ao Cascatinha e vai descer pela avenida Itamar Franco. Convidamos os amigos da Ascomcer e da Fundação Ricardo Moysés para participar deste momento na Curva do Lacet. Na Praça Jarbas de Lery Santos, em São Mateus, terá um evento gastronômico com comidas típicas de alguns países. O colégio do Jesuítas irá expor a medalha de ouro do Giovane e terá uma programação preparada por eles", comenta.

Após a passagem pela Itamar Franco, os corredores chegam ao Parque Halfeld, onde haverá atividades culturais ao longo do dia. "Elas acontecem pela manhã e a tarde, para ficarmos na expectativa. Depois do Parque Halfeld, a tocha desce a rua Halfeld e chega ao Cine-Theatro Central, para ser fotografada, seguindo para o Morro da Glória, onde vai passar pelo Centro Cultural Dnar Rocha e pelo Museu Mariano Procópio. Nesses locais, também haverá atividades culturais. No Museu, ela circulará pelo lago e, durante a passagem, vamos ter uma atividade bacana que irá replicar a chegada de Dom Pedro, em uma visita que ele fez ao Mariano Procópio, em que foi recebido com uma iluminação feita com tochas", continua.

Do Museu, a tocha seguirá pela Rui Barbosa e, em seguida, para a avenida Brasil. "Ela chegará ao Terreirão do Samba, que ficou conhecido com esse nome porque lá foram realizadas as principais atividades do samba da cidade. E nesse dia ocorre o encerramento oficial das suas atividades, com uma programação com música brasileira, muito samba, já que ali será construído o novo prédio do fórum da cidade."

Trânsito

O trânsito na cidade será bastante modificado no domingo. O chefe do Departamento de Fiscalização de Transporte e Trânsito da Settra, Paulo Peron Junior, afirma que os trabalhos começarão ainda na madrugada, sinalizando as vias. "Nossas equipes vão fazer a sinalização proibindo o estacionamento, que é uma necessidade de segurança, para não ter nenhuma obstrução no percurso. Temos que evitar qualquer tipo de transtorno. A atuação dos agentes é para coibir o estacionamento irregular e até a remoção destes veículos, caso os condutores não sejam encontrados. Ao longo de todo o percurso, as vias com canteiro central terão o sentido do percurso da tocha totalmente interditado. O lado oposto ficará com interdições parciais para ajudar na travessia do público. As vias que não têm canteiros centrais serão totalmente interditadas momentos antes. À frente do comboio do Rio 2016, nossa equipe fará essa fiscalização para que não haja nenhum veículo pelo caminho", afirma.

Emoção

O mesatenista paralímpico Alexandre Ank é um dos atletas escolhidos pela Nissan para conduzir a tocha. Ele se diz ansioso para este momento. "Vai ser uma honra muito grande, principalmente pelo esforço que fiz em 2007 e ter me classificado nas Olimpíadas de Pequim (2008). Isso me remete a uma grande lembrança da minha carreira", diz.

O campeão olímpico de voleibol, André Nascimento, que cresceu em Juiz de Fora, irá conduzir a tocha pela segunda vez, mas afirma que esta será especial. "Tenho muito a agradecer a cidade por essa oportunidade, já que foi aqui que aprendi a jogar e a gostar do vôlei. Vou levar no meu coração a minha família e o meu filho, que incentivo a praticar esportes, junto comigo nesse momento", garante.

Programação da passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora é divulgada

Revezamento está previsto para começar exatamente às 17h24 de domingo (15)

Lucas Soares
Repórter
13/05/2016

A passagem da Tocha Olímpica por Juiz de Fora será no próximo domingo, 15 de maio. Durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, o vice-prefeito e coordenador da força tarefa da Tocha em Juiz de Fora, Sérgio Rodrigues, explica que o percurso iniciará pontualmente às 17h24 de domingo. "Será um grande momento para a cidade. Para nós, o revezamento começou com o Giovane Gávio, lá na Grécia, sendo o primeiro brasileiro a conduzir a Tocha. Aqui, a tocha sairá do Parque da Lajinha, chegará ao Cascatinha e vai descer pela avenida Itamar Franco. Convidamos os amigos da Ascomcer e da Fundação Ricardo Moysés para participar deste momento na Curva do Lacet. Na Praça Jarbas de Lery Santos, em São Mateus, terá um evento gastronômico com comidas típicas de alguns países. O colégio do Jesuítas irá expor a medalha de ouro do Giovane e terá uma programação preparada por eles", comenta.

Após a passagem pela Itamar Franco, os corredores chegam ao Parque Halfeld, onde haverá atividades culturais ao longo do dia. "Elas acontecem pela manhã e a tarde, para ficarmos na expectativa. Depois do Parque Halfeld, a tocha desce a rua Halfeld e chega ao Cine-Theatro Central, para ser fotografada, seguindo para o Morro da Glória, onde vai passar pelo Centro Cultural Dnar Rocha e pelo Museu Mariano Procópio. Nesses locais, também haverá atividades culturais. No Museu, ela circulará pelo lago e, durante a passagem, vamos ter uma atividade bacana que irá replicar a chegada de Dom Pedro, em uma visita que ele fez ao Mariano Procópio, em que foi recebido com uma iluminação feita com tochas", continua.

Do Museu, a tocha seguirá pela Rui Barbosa e, em seguida, para a avenida Brasil. "Ela chegará ao Terreirão do Samba, que ficou conhecido com esse nome porque lá foram realizadas as principais atividades do samba da cidade. E nesse dia ocorre o encerramento oficial das suas atividades, com uma programação com música brasileira, muito samba, já que ali será construído o novo prédio do fórum da cidade."

Trânsito

O trânsito na cidade será bastante modificado no domingo. O chefe do Departamento de Fiscalização de Transporte e Trânsito da Settra, Paulo Peron Junior, afirma que os trabalhos começarão ainda na madrugada, sinalizando as vias. "Nossas equipes vão fazer a sinalização proibindo o estacionamento, que é uma necessidade de segurança, para não ter nenhuma obstrução no percurso. Temos que evitar qualquer tipo de transtorno. A atuação dos agentes é para coibir o estacionamento irregular e até a remoção destes veículos, caso os condutores não sejam encontrados. Ao longo de todo o percurso, as vias com canteiro central terão o sentido do percurso da tocha totalmente interditado. O lado oposto ficará com interdições parciais para ajudar na travessia do público. As vias que não têm canteiros centrais serão totalmente interditadas momentos antes. À frente do comboio do Rio 2016, nossa equipe fará essa fiscalização para que não haja nenhum veículo pelo caminho", afirma.

Emoção

O mesatenista paralímpico Alexandre Ank é um dos atletas escolhidos pela Nissan para conduzir a tocha. Ele se diz ansioso para este momento. "Vai ser uma honra muito grande, principalmente pelo esforço que fiz em 2007 e ter me classificado nas Olimpíadas de Pequim (2008). Isso me remete a uma grande lembrança da minha carreira", diz.

O campeão olímpico de voleibol, André Nascimento, que cresceu em Juiz de Fora, irá conduzir a tocha pela segunda vez, mas afirma que esta será especial. "Tenho muito a agradecer a cidade por essa oportunidade, já que foi aqui que aprendi a jogar e a gostar do vôlei. Vou levar no meu coração a minha família e o meu filho, que incentivo a praticar esportes, junto comigo nesse momento", garante.