• Assinantes
  • Fim de Ano
    Quinta-feira, 27 de dezembro de 2012, atualizada às 12h40

    JF terá dois pontos de queima de fogos na noite da virada. Confira as dicas

    Da Redação
    Queima de fogos JF

    Juiz de Fora contará com um esquema especial para este Réveillon, com a queima de uma tonelada de fogos de artifícios em dois pontos da cidade. Na virada do ano, à 0h da próxima terça-feira, 1º de janeiro de 2013, os juiz-foranos vão poder assistir a shows pirotécnicos disparados do alto do prédio da Rede Ferroviária, localizada na avenida Brasil, e da praça Jeremias Garcia, no bairro Benfica.

    De acordo com a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), os espetáculos vão durar cerca de dez minutos e serão utilizados fogos com efeitos em "V", "W", "Z" e também verticais. Na praça de Benfica, serão usados ainda, tortas de morteiros, conhecidos como rojões, com efeitos de explosões em diversos tamanhos e com cores variadas, como vermelho, prata, azul, verde e violeta.

    Morro do Imperador sem fogos

    A PJF também informou que a tradicional queima de fogos do alto do Morro do Imperador não será realizada, devido à baixa visibilidade encontrada no local nos anos anteriores, resultado da alta nebulosidade. A decisão foi tomada em acordo entre a Secretaria de Comunicação Social e a equipe de transição do prefeito eleito, Bruno Siqueira.

    Confira as instruções para a prática

    É importante salientar alguns cuidados essenciais na hora de realizar a queima de fogos, comuns nesta época do ano. De acordo com a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), os artefatos devem ser manuseados de forma adequada para evitar acidentes. A maioria dos imprevistos acontece porque as pessoas não seguem as orientações dos fabricantes, além de, muitas vezes, estarem alcoolizadas.

    Em todos os casos de queimadura, os primeiros socorros são os mesmos: usar apenas água fria no local do ferimento até encaminhar a vítima ao hospital. Qualquer outro produto, como pasta de dente, clara de ovo, manteiga ou óleo, só piora a situação. A água resfria a lesão e acaba com o calor residual. Outra solução é usar uma toalha embebida em água fria. No caso de acidente, a área afetada deve ser envolvida com um pano limpo para conter o sangramento. É fundamental que jamais se coloque qualquer tipo de produto sobre os ferimentos.

    O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais destaca a importância de comprar o material em lojas credenciadas, a fim de evitar fogos de artifício clandestinos. De acordo com dados do Ministério da Saúde (MS), nos últimos dez anos, mais de cem brasileiros morreram vítimas de queimaduras por fogos de artifício e quase seis mil foram internados por esse motivo.

    Dicas de segurança
    • Tenha muito cuidado ao utilizar os fogos;
    • Antes de acioná-los, leia e siga as instruções da embalagem;
    • Fogos devem ser acionados apenas por adultos ou com a supervisão deles;
    • Use fogos somente em locais abertos;
    • Posicione o braço que estiver segurando o rojão acima da cabeça e não olhe para cima quando ele estiver sendo disparado;
    • Nunca solte fogos em locais com grande aglomeração de pessoas;
    • Nunca tente reutilizar os fogos que tenham falhado;
    • Jamais lance fogos na direção de outras pessoas;
    • Nunca atire fogos a partir de lugares fechados, como carros ou residências;
    • Nunca faça experiência, modifique ou tente fazer seus próprios fogos de artifício;
    • Não utilize fogos após ingerir bebidas alcoólicas;
    • Não deixe crianças próximas às pessoas que estão manipulando os fogos;
    • Solte fogos longe de residências. No mínimo, a 100 metros de distância;
    • Não solte fogos perto de hospitais, postos de combustíveis, aeroportos e próximo a fiações;
    • Use uma extensão nos foguetes para o artefato ficar longe da mão.
    Classificação dos produtos pirotécnicos

    Cada tipo de produto pirotécnico tem uma classificação, de acordo com seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada à idade do usuário e de acordo com à norma do Ministério do Exército. Confira:

    • Classe A (infantil): Podem ser vendidos a menores e sua queima é livre (recomendável assistência de adultos);
    • Classe B (juvenil): Podem ser vendidos a menores, mas a sua queima é proibida em terraços, portas ou janelas que tenham proximidade com vias públicas (também sob a assistência de adultos);
    • Classe C (adulto): Venda proibida a menores de 18 anos;
    • Classe D (profissionais): Venda proibida a menores de 18 anos em qualquer hipótese. Só pode ser queimado com licença prévia da autoridade competente.

    Os textos são revisados por Juliana França

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.