Segunda-feira, 4 de junho de 2012, atualizada às 17h40

Adoção de cães cresce no Canil Municipal de Juiz de Fora

Jorge Júnior
Repórter
cão

No período de janeiro a maio de 2012 foram adotados, em Juiz de Fora, 113 cães recolhidos e tratados pelo Canil Municipal. Atualmente, existem cerca de 130 à disposição para adoção. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 4 de junho, pelo setor de apreensão de animais do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb).

Segundo a coordenadora do setor, a veterinária Liza Helena Néry, o departamento tem divulgado que os animais estão disponíveis para alavancar a procura. "Reformulamos o nosso site e também sempre contamos com o apoio da imprensa. Além disso, percebemos que as pessoas estão mais interessadas em ter animais de estimação. Um caso interessante aconteceu hoje [segunda-feira, 4], quando cinco animais foram doados, um número acima da média", diz.

Outro fator observado por Liza é que as pessoas estão dando os animais como presente de aniversário. "Ao invés de comprar, elas estão optando por adotar no Canil Municipal. Porém, sempre alertamos que cão não é objeto e tem uma vida média de 15 anos", afirma. De acordo com a veterinária, os animais mais procurados são os de pequeno porte, que se adaptam melhor dentro de casa. "Percebemos também que, no período próximo das férias, a procura aumenta. No entanto, o abandono de cães também ocorre porque as pessoas começam a viajar. Neste período, os cães de guarda são bem desejados."

Apreensão de cães

A apreensão de cães também será intensificada, e nesta terça-feira, 5, o serviço está programado para ocorrer nos bairros Chapéu d'Uvas, Paula Lima, Barreira do Triunfo e Ponte Preta (ver mapas), visando retirar o maior número de cães das vias públicas. Atualmente, cerca de 390 animais estão no canil. Deste total, 130 estão disponíveis para serem adotados. Todos recebem tratamento adequado, que vão desde a disponibilização dos cães nos abrigos e controle de alimentação, até atenção permanente com a saúde.

A veterinária também explica que, para evitar cães soltos nas ruas, é necessário contar com a colaboração direta da população, que deve estar consciente de que um cão nunca deve ser abandonado ou maltratado, pois isso é crime. As denúncias sobre tal prática podem ser feitas diretamente ao Canil Municipal, pelo telefone (32) 3690-3591, ou no plantão do Demlurb, pelo (32) 3690-3502.

Como adotar

Quem tiver interesse em adotar um cão, deve comparecer ao canil, sempre de segunda a sexta-feira, entre 9h e 10h30 e de 13h as 15h30, e preencher uma ficha comprometendo-se a tratar bem do animal, além de apresentar cópias do CPF, carteira de identidade e comprovante de residência, assinando, ainda, um termo de adoção, para evitar que o cão seja novamente abandonado. A doação é inteiramente gratuita. O Canil Municipal funciona na rua Bartolomeu dos Santos s/nº, bairro São Damião 2, próximo à Usina de Reciclagem, com entrada entre os bairros Santa Cruz e Nova Benfica (ver mapas).

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.