• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Terça-feira, 18 de outubro de 2011, atualizada às 18h31

    Comércio tem a maior contratação de 2011 em setembro, gerando 404 empregos

    Jorge Júnior
    Repórter
    comercio

    O setor do comércio teve a maior contratação de 2011, no mês de setembro de 2011 em Juiz de Fora, gerando 404 empregos. O índice representa um crescimento de 1,36% da mão de obra, de acordo com o Estudo de Evolução do Emprego do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Na área foram admitidos 1.793 profissionais, contra 1.389 demissões. Os números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) nesta terça-feira, 18 de setembro.

    Para o superintendente do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora (Sindicomércio), Sérgio Costa de Paula, os dados condizem com a expectativa do setor, já que a data está próxima do Natal, que é considerada a melhor época do ano para os comerciantes. "Perto do Natal, também temos o Dia das Crianças, que apesar deste ano não ter atingido o percentual esperado, é uma data boa. Nesta época, as empresas começam a realizar as contratações temporárias de mão-de-obra para preparar os funcionários para o Natal", explica o superintendente.

    Costa diz ainda que, para este ano, o Sindicomércio espera que as contratações superem as expectativas. Segundo ele, as contratações temporárias vão até o décimo dia do mês de janeiro, devido à troca de mercadorias. "Os empresários sempre querem mão de obra de qualidade. Se a pessoa dá o melhor de si e exerce as funções com qualidade, há uma grande chance de ela ser efetivada", diz. Costa aposta que, se o novo trabalhador obtiver destaque durante o período, o empresário pode demitir um funcionário antigo, para contratá-lo, caso não tenha como acrescentar mais uma pessoa no quadro de funcionários. "É a hora de agarrar as oportunidades", aconselha.

    Porém, se há crescimento de contratações nos meses finais do ano, o superintendente afirma que, a partir de janeiro, as vagas no setor começam a cair, por não ser um período de muitas vendas.

    Outras áreas

    No total, 1.281 postos de trabalho foram gerados em Juiz de Fora em setembro, o que corresponde a um aumento de 1,01% na mão de obra. O número de admitidos foi de 6.412, contra 5.131 demissões. O setor de serviços foi o que teve a maior contratação, registrando 845 novos empregos, o que representa um aumento de 1,33%. Logo depois aparece o setor do comércio e a indústria de transformação, que aumentou 0,31%, criando 66 postos de trabalho. A construção civil registrou perda de vagas, com saldo negativo de 51 postos e variação de -0,55%.

    Minas e Brasil

    Em Minas Gerais, o comércio também foi destaque. A área ficou em segundo lugar, sendo responsável por 7.678 postos, o que representa aumento no setor de 0,91%. Já no Brasil, a área foi responsável por 45.373 novas contratações, registrando um aumento de 0,52%. Ainda no Estado, em primeiro lugar ficou o setor de serviço, com 10.700 empregos, o que representa um crescimento de 0,72 %. A construção civil ocupa o terceiro lugar no Caged, com a criação de 3.658 empregos, o que significa um aumento de 1,05%. No Brasil, o setor que obteve o maior número de contratações foi o de serviços com um crescimento de 0,61%, o que corresponde a 91.774 postos gerados. Confira a tabela com os dados do Caged.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.