Juiz de Fora - MG

Quinta-feira, 8 de novembro de 2012, atualizada às 11h50

Alistamento e transferência de título voltam a ser feitos em Juiz de Fora


Da Redação
Títulos de Eleitor

O cartório eleitoral de Juiz de Fora volta a atender os interessados em se alistar como eleitores, transferir o domicílio, proceder à revisão ou tirar segunda via. Esses procedimentos estavam suspensos desde o dia 10 de maio, quando foi fechado o Cadastro Nacional de Eleitores para que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fizesse o cruzamento de dados e contabilizasse o eleitorado apto a votar nas eleições deste ano.

Para se inscrever como eleitor, o cidadão deverá apresentar documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência e certificado de quitação do serviço militar, este último é obrigatório para homens que forem solicitar o primeiro título, a partir de 1º de julho do ano em que completarem 18 anos.

Para transferir o título de eleitor de um município para outro, o cidadão deverá levar ao cartório documento oficial de identificação com foto, título anterior (se possuir) e comprovante de residência. Só pode requerer transferência o eleitor que estiver quite com a Justiça Eleitoral, que residir há, pelo menos, três meses no novo município e que não tiver solicitado primeiro título ou troca de cidade há menos de um ano.

Para alterar seus dados no cadastro, como o nome, o eleitor também deverá apresentar documento oficial que comprove a alteração. No caso de alteração de endereço e/ou local de votação, o comprovante de residência poderá ser exigido. Lembrando que nos dois casos, o eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral.

Eleitores com dificuldade de locomoção, como idosos e pessoas com deficiência, podem se alistar ou transferir o título para uma seção de fácil acesso, criada pela Justiça Eleitoral para facilitar o voto do eleitor no dia da eleição. Em todo o Estado, são 2.056 seções onde o eleitor tem acessibilidade para votar, como instalações no primeiro piso dos prédios, sem escadas ou outra obstrução física que dificulte a livre locomoção. De acordo com a assessoria do Cartório Eleitoral de Juiz de Fora, o município possui várias seções que atendem a este público e, no momento da transferência, o eleitor pode escolher a que desejar.

O alistamento ou transferência poderá ser feito até o início de maio de 2014. Em Juiz de Fora, estes serviços são realizados no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), localizado na rua Osório de Almeida, 425, Poço Rico, das 13h às 19h, até o dia 15 de novembro. Após o dia 19 de novembro, o horário de atendimento será das 12h às 18h.

Os textos são revisados por Juliana França

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.