Juiz de Fora - MG

Sexta-feira, 2 de outubro de 2015, atualizada às 14h27

Recadastramento biométrico começa na próxima semana em Juiz de Fora

O projeto de implantação da biometria para as eleições municipais continua sendo expandido em Minas Gerais. As próximas cidades a serem contempladas com o serviço são Juiz de Fora, Belmiro Braga e Coronel Pacheco, na Zona da Mata; Janaúba e Verdelândia (Região Norte); Mantena, Central de Minas, Mendes Pimentel, São Félix de Minas e São João do Manteninha (Vale do Rio Doce) e Santo Antônio do Monte (Centro-Oeste). Os eleitores dessas cidades podem procurar a Justiça Eleitoral para o recadastramento biométrico, garantindo assim, uma votação mais segura e moderna nas Eleições 2016. Em Juiz de Fora, não há obrigatoriedade no recadastramento.

Já os eleitores de Chácara e Vieiras (Zona da Mata), Nova Porteirinha (Norte), Nova Belém (Vale do Rio Doce) e Pedra do Indaiá (Centro-Oeste) devem comparecer aos postos de atendimento para fazer a revisão biométrica, se não quiserem ter seus títulos cancelados, até o dia 18 de dezembro.

No caso de Juiz de Fora, o processo será feito na medida em que houver a procura por algum serviço eleitoral, ainda sem prazo limite para o comparecimento dos eleitores. A Central de Atendimento da cidade fica na avenida Presidente Itamar Franco, 1.418, no Centro, e dispõe de sete guichês para atendimento biométrico.

Confira as datas do início da revisão em cada município:

Municípios a revisar Zona Eleitoral/Município-sede Data
Chácara

155ª ZE/Juiz de Fora

29/09

Nova Porteirinha

147ª ZE/Janaúba

05/10

Nova Belém

169ª ZE/Mantena

05/10

Vieiras

290ª ZE/Miradouro

05/10

Pedra do Indaiá

249ª ZE/Santo Antônio do Monte

06/10

Em Senador Cortes (Zona da Mata), os eleitores poderão fazer o recadastramento biométrico no ônibus TRE Aqui, que ficará estacionado em local de grande circulação (a ser definido), entre os dias 7 e 17 de outubro. Após o fim do período do ônibus nesse município, os eleitores têm até o dia 18 de dezembro para se dirigir ao cartório eleitoral do município-sede para fazer a revisão.

O horário de atendimento do recadastramento biométrico é de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h nos cartórios, e de segunda a sábado, das 9h às 17h no ônibus.

Documentação e procedimentos

Para fazer o recadastramento biométrico, o eleitor deve apresentar documento de identificação oficial com foto, título de eleitor (se tiver), CPF (se tiver) e, ainda, comprovante de endereço, para que o eleitor comprove seu vínculo com o município onde vota. Os maiores de 18 anos que forem tirar o título de eleitor pela primeira vez podem fazê-lo durante o recadastramento biométrico. Nesse caso, os eleitores do sexo masculino devem apresentar também o comprovante de quitação com o serviço militar obrigatório.

O procedimento de recadastramento biométrico envolve a coleta das impressões digitais de todos os dedos das mãos do eleitor, além da fotografia. O objetivo é garantir a autenticidade do voto, já que no dia da eleição a identidade será confirmada por meio do reconhecimento da impressão digital pelo leitor biométrico da urna eletrônica, comparando-a com a digital recolhida pela Justiça Eleitoral.

Os eleitores desses municípios podem obter mais informações no cartório eleitoral responsável ou pelo Disque-Eleitor (148).

Com informações do TRE-MG.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.