Cecília Junqueira Cecília Junqueira 24/02/2016

Meditação para transpor o vício

Vício, talvez, seja a experiência mais insana da condição humana, porque limita à repetição de um padrão de comportamento mesmo quando se deseja um resultado diferente.

É imperativo encurtar a distância entre o que se é e o que se pretende ser. A consonância entre essas duas perspectivas torna possível a modificação da realidade, mas exige proatividade, consciência aberta, auto conhecimento e exercício de atenção plena.

Muitos consideram a prática meditativa um privilégio de seres superiores, como sendo algo difícil e para poucos, mas meditar é para todos e se aprende como andar de bicicleta, e o que é melhor, pode ser de graça!

Vejamos o que a meditação pode fazer por você:

  • Ajuda a prevenir recaídas, porque tirando do “ piloto automático” fica mais fácil a desconstrução de pensamentos autodestrutivos.

  • Traz conforto emocional, aumenta a percepção do tempo presente e melhora a concentração.

  • Organiza o pensamento, memória e a tomada de decisão.

  • Trabalha a auto aceitação sem julgamentos.

  • Ajuda no manejo da fissura.

Técnicas respiratórias, visualizações de imagens relaxantes, escaneamento corporal, estímulo dos cinco sentidos, são essas algumas estratégias meditativas fáceis e habituais que podem ser incorporadas nas sua prática cotidiana oferecendo, comprovadamente, excelentes resultados associados ao tratamento convencional da dependência química.

Meditar é fazer uma limpeza na mente, más emoções são tão tóxicas quanto entorpecentes.

Sobriedade e serenidade, namastê!


Cecília Sertã Junqueira Rodrigues é Terapeuta Conselheira em Dependência Química, presta consultoria para empresas e escolas e aconselhamentos individuais em clínica.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.