• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira

    Expectativa é vacinar 115 mil pessoas em JF. População-alvo inclui idosos, gestantes, bebês e portadores de doenças crônicas


    Da Redação
    12/4/2013
    vacina

    Nesta segunda-feira, 15 de abril, começa, em todo o país, a Campanha de Vacinação contra a gripe. Crianças com idades entre seis meses e dois anos, grávidas, mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias, idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde que lidam com pacientes suspeitos de gripe e portadores de doenças crônicas têm até o dia 26 de abril para procurar um posto de saúde e ser imunizado contra três tipos de gripe: gripe suína (H1N1), A (H3N2) e B.

    A meta do Governo Federal é imunizar 31,3 milhões de pessoas, com doses distribuídas em 65 mil postos de saúde. Em Juiz de Fora, mais de 115 mil pessoas devem ser vacinadas. No sábado, dia 20, a campanha terá o seu "Dia D", com pontos estratégicos para otimizar o acesso da população aos locais de imunização. A meta do município é vacinar, no mínimo, 80% da população-alvo.

    As doses poderão ser encontradas durante toda a campanha nas unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps), das 7h30m às 10h30m e das 13hs às 16h30m; no Departamento de Saúde da Criança e do Adolescente, no andar térreo da rua São Sebastião, 772/776, Centro, das 8h às 12h e das 13h às 17h; e no Departamento de Saúde do Idoso, na rua Batista de Oliveira, 943, Centro, sempre das 8h às 11h e das 13h às 16h.

    Importância da vacina

    Com o fim do verão, a queda de temperatura associada ao clima mais seco faz com que as doenças respiratórias ficam mais presentes, por isso a campanha é realizada em abril. O principal objetivo da campanha é a redução da mortalidade e de complicações e internações decorrentes das infecções causadas pelo vírus da influenza. De acordo com a geriatra e chefe do Departamento de Saúde do Idoso (DSI), Stella Bitencourt, geralmente as pessoas chegam na terceira idade apresentando algumas patologias, que podem se agravar.

    Todas as instâncias governamentais envolvidas no processo, Governo Federal, Estadual e Municipal, garantem que a vacina é segura, sendo composta por vírus inativos. Elas são contraindicadas apenas para as pessoas que têm alergia a ovo. Além disso, ao se vacinar, o indivíduo contribui para reduzir a circulação do vírus.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.