Terça-feira, 14 de janeiro de 2014, atualizada às 18h54

Mais de 80 pacientes psiquiátricos trocam de hospital em Juiz de Fora

Lucas Soares
Repórter
José Laerte

Os 88 pacientes do Hospital Aragão Villar mudaram de lar em Juiz de Fora. Na manhã desta terça-feira, 14 de janeiro, 70 homens e 18 mulheres foram transferidos para a Casa de Saúde Esperança, que passa a ser a única unidade de atendimento psiquiátrico em funcionamento na cidade.

De acordo com o Secretário de Saúde, José Laerte Barbosa, a medida parte de um indicativo do Ministério da Saúde (MS). "O hospital já tinha a orientação para ser fechado há vários anos, mas o município não conseguiu atender nestes anos as necessidades requisitadas. Como nós começamos a administrar a Casa de Saúde Esperança no ano passado, foi feita uma preparação no hospital, como reformas de alas, para levarmos estes pacientes, e agora esse ato foi consumado. O que aconteceu hoje faz parte de um planejamento de, pelo menos, sete ou oito meses", afirma.

Com a transferência dos novos pacientes, a Casa Saúde da Esperança tem 278 pacientes. Segundo o secretário, esse número vai diminuir em breve. "Estamos finalizando a construção das Residências. Assim que estiverem prontas, vamos transferir novamente estas pessoas para o novo local", explica.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.