Ana Stuart Ana Stuart 15/08/2013

O Poder e o aconchego

poderNunca surgiu um poder maior do que o de Jesus Cristo.

ELE organizou, liderou, usou estratégias de uma organização que desmoronou com o império romano.

Um homem simples na Galileia, porém, um inovador por excelência.

Outros revolucionários surgiram como Lenin e Trótski na Rússia; Hitler e Rosa Luxemburgo na Alemanha; Mussolini e Antônio Gramsci na Itália; Mao Tse Tung e Ho Chi Min na Ásia, Fidel Castro e Che Guevara em Cuba; Gandi na Índia e muitos outros líderes revolucionários...

Mas nenhum deles derrubou a influência que ELE ainda exerce.

Suas táticas de poder existem em massa quando observamos homens que dedicam suas vidas aos pobres, no sentido de cuidá-los e orientá-los, tanto os pobres financeiros quanto os pobres de espírito.

Com a vinda do Papa, pode-se observar que independente de religião, as táticas de poder de Jesus Cristo prevalecem até os nossos dias. Exemplo disso é quando relacionamos o poder e o aconchego sem violência, derrubando barreiras e mobilizando em massa.

Quando crianças aprendemos que o aconchego de outro corpo ao nosso acalenta e acalma. Isso se reflete ao longo da vida nos relacionamentos de todo tipo, seja casal, pais e filhos, amizade, enfim, entre pessoas com objetivos comuns...

Quando as massas se reúnem para esse aconchego, não entra a violência, apenas o aconchego.

Neste momento não se reivindica nada, o outro corpo não incomoda, abaixam-se as armas emocionais, intelectuais, financeiras, raciais e etc...

O que prevalece é o sentimento de paz, bem-estar e o famoso "aconchego"

É o momento em que estamos seguindo os exemplos do maior estrategista de todos os tempos " O Cristo".

Fonte: Tacticas do poder de Jesus Cristo Y outros

Autor: Jay Haley


Ana Stuart
é psicóloga e terapeuta familiar.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.