• Assinantes
  • Autenticação
  • Só Sabor
    Sexta-feira, 13 de julho de 2012, atualizada às 16h

    Congresso Nacional de Laticínios vai movimentar Juiz de Fora durante três dias

    Da Redação
    queijo

    O 29º Congresso Nacional de Laticínios, evento de difusão de tecnologias sobre leite e derivados, tem início nesta segunda-feira, 16 de julho, e termina na quinta-feira, 19. O congresso ocorre no Expominas de Juiz de Fora e nas dependências do Instituto de Laticínios Cândido Tostes.

    Durante todo o evento, especialistas do Brasil e do exterior discutirão o tema Qualidade e competitividade: desafios para o fortalecimento da cadeia produtiva de lácteos e inserção internacional, com participação do público em 12 palestras, sete minicursos, além da apresentação de trabalhos com comunicados técnicos e pôsteres. Uma das novidades deste ano será a apresentação de oito dissertações aprovadas no mestrado em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados. Toda a parte científica será realizada nas dependências do Instituto de Laticínios Cândido Tostes. A expectativa é que 400 pessoas participem das atividades científicas.

    Além da parte científica do congresso, os participantes poderão acompanhar a 40ª Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (EXPOMAQ); a 39ª Exposição de Produtos Lácteos (EXPOLAC); e o 39º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, em que a premiação encerra as atividades do evento. Nesta edição, 125 empresas nacionais e estrangeiras vão apresentar novidades tecnológicas nos 298 estandes montados no Expominas.

    Segundo a assessoria do evento, a expectativa é receber em torno de 14 mil visitantes, entre empresários do setor laticinista, técnicos, professores e estudantes. Em 2011 foram realizados cerca de R$ 140 milhões em negócios.

    Projeto Fino Paladar

    Nesta edição, a EXPOMAQ traz como novidade o projeto Fino Paladar. Trata-se de uma degustação tecnológica, em que o público poderá conferir a tecnologia empregada pela indústria durante o processo produtivo, até o produto final. Em estandes específicos, serão apresentados produtos lácteos já conhecidos do consumidor, destacando os equipamentos utilizados na produção, as embalagens e os ingredientes.

    O Concurso Nacional de Produtos Lácteos deverá contar com a participação de cerca de 50 indústrias do Brasil, que vão concorrer em onze categorias: queijo prato, queijo gouda, queijo provolone, queijo parmesão, queijo reino, queijo minas padrão, requeijão cremoso, doce de leite pastoso, queijo tipo gorgonzola, manteiga de primeira qualidade e destaque especial (qualquer produto lácteo - queijos, doce de leite, iogurte, bebida Láctea, manteiga, etc - que tenha pelo menos uma característica inovadora ou funcionalidade). Os três primeiros lugares de cada categoria serão premiados no encerramento do Congresso, dia 19 de julho, no Expominas.

    Para o resultado final o corpo de juízes, formado por 30 especialistas vindos de universidades, serviços de inspeção federal, estadual e municipal, além de técnicos das indústrias, vai avaliar cada produto no laboratório de Análise Sensorial, que fica no Instituto de Laticínios Cândido Tostes, nos dias 17 e 18 de julho, de 8h às 12h.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.