• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia

    Juiz de Fora tem o maior portal de conteúdo da região Em dez anos de atuação, o Portal ACESSA.com tornou-se
    referência no jornalismo online em Juiz de Fora e região

    Sílvia Zoche
    Subeditora
    26/05/2008

    O primeiro portal de conteúdo de Juiz de Fora completa nesta segunda-feira, dia 26 de maio, dez anos de "crescimento e profissionalismo" (releia a matéria de lançamento no arquivo). É com estas características que a editora chefe do ACESSA.com Ludmila Gusman define, atualmente, o Portal que já se tornou referência em Juiz de Fora e região.

    "Ao longo de todos estes anos, procuramos acompanhar a evolução do jornalismo na internet e fazer do Portal ACESSA.com um veículo de credibilidade não só na cidade, mas devido ao alcance da internet, em várias cidades do país e até do mundo", comenta.

    O antigo JF Service - primeiro nome dado ao site de notícias, que surgiu com o objetivo de se tornar um veículo de comunicação que divulgasse Juiz de Fora, na rede - contabiliza atualmente um milhão de acessos únicos por mês. Dados que para Juiz de Fora são extremamente satisfatórios.

    "Levando em conta que somos um veículo da rede, ficamos felizes em saber que, apesar do nosso foco local, o Portal gera tanto interesse em outras localidades a ponto de divulgar o nome de Juiz de Fora dessa forma", ressalta a editora geral.

    O Portal é lembrando também por ter a primeira coluna virtual de Juiz de Fora e o primeiro supermercado virtual (Click Mart), lançados em 1998. Um ano antes, Juiz de Fora ganhou na internet o JF Imóveis, onde imobiliárias parceiras do Portal colocavam anúncios de seus imóveis para os internautas consultarem online. Tudo gratuitamente.

    Em 2001, foi a vez do lançamento do Guia de Direitos Humanos, Seção onde as pessoas podem, até hoje, consultar as instituições filantrópicas de Juiz de Fora que se cadastraram no Portal.

    O ACESSA.com possui hoje mais de vinte cadernos dos mais variados temas, com produção em média de 240 novas matérias mensais, com uma equipe composta por quatro jornalistas, dois webdesigners e um programador, além de dois estudantes em jornalismo que têm a oportunidade de, juntamente com um jornalista responsável, conhecer o dia-a-dia da profissão.

    Público

    Segundo os dados do Google Analytics- ferramenta do Google para estatísticas de acesso-, só no último ano (período que compreende 26 de maio de 2007 a maio de 2008) o Portal ACESSA.com registrou uma média de 11.742.614 visitas, 6.734.155 visitantes únicos, 26.221.586 exibições por página e um acréscimo de mais de 60% de novos internautas.

    A maioria dos acessos do Brasil vem, além de Juiz de Fora, das cidades de Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Salvador, Rio de Janeiro e Goiânia. "Recebemos inúmeros emails de pessoas que leram o conteúdo e que entram em contato com nossas fontes para pegar informações. Essa é a grande magia da internet", comenta Ludmila.

    Além das cidades brasileiras, o Portal ACESSA.com registra grande número de acessos vindos de Portugal, Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Itália. "Temos muito retorno de juizforanos que moram fora do país e que acompanham as notícias, através do Portal", diz a editora.

    Interatividade

    Desde 2006, o Portal segue a tendência de um jornalismo factual e abrangências de notícias da região. A iniciativa mais recente foi o lançamento da primeira coluna virtual regional em que o Portal abre espaço para que pessoas das mais diferentes cidades da Zona da Mata possam divulgar os acontecimentos através do colunismo social.

    Mas isso não significa que matérias sobre comportamento, que sempre fizeram e ainda fazem sucesso, foram deixadas de lado. Os cadernos Mulher, Só Sabor, Casa & Etc, Xiis! estão entre os mais acessados.

    E a participação do público no Portal chega de várias formas. O link Sua Notícia é o espaço para os internautas enviarem notícia ou foto de determinado acontecimento, sempre confirmado e certificado por um jornalista do Portal. Outras formas de interatividade são através de enquetes, envio de sugestões de receitas, eventos de Juiz de Fora e região para a Agenda Cultural e e-mails.

    Outro espaço é a Seção Mão na Massa para que as pessoas enviem fotos de um cômodo da casa para ser analisado por um arquiteto, que vai estudar a "reforma" do espaço, sugerindo uma idéia para melhorar o ambiente.

    Entre as prestações de serviços, destacam-se o Mapas ACESSA.com (ilustração abaixo), o primeiro serviço online que ajuda o internauta a se encontrar em Juiz de Fora e o Boletim ACESSA.com, mais um serviço gratuito do Portal, que envia para os assinantes os destaques jornalísticos da semana e Agenda Cultural.

    Ilustração 
mostrando como é a página de mapas

    O serviço de Vagas em República é usado por diversas pessoas. É um espaço para procura ou oferecimento de vaga para morar em Juiz de Fora ou em qualquer cidade do país. Neste espaço, o próprio internauta faz o cadastro e seu anúncio fica no ar por um período de 30 dias.

    Iniciativas inéditas

    Página de Direitos Humanos Com o objetivo de abordar questões de raça, gênero, cidadania e deficiência com acessibilidade a todas as pessoas, o caderno Direitos Humanos ganhou um novo enfoque em 2006. A partir desta data, o Portal desvinculou a expressão "direitos humanos" de filantropia e ajuda ao próximo.

    Segundo a editora do portal, as informações deste canal aborda diversos temas, como cidadania, desigualdade social, questões ligadas à homossexualidade e lutas das pessoas com deficiência.

    O diferencial deste caderno é que os códigos de formatação HTML foram adaptados para facilitar a leitura da tela por pessoas com algum tipo de deficiência visual, adotados desde setembro de 2006. Um dos links do caderno, o ACESS(A)ibilidade possui matérias de outros cadernos do portal traduzidas para Libras e em áudio. No link sobre o Caderno, existe uma explicação sobre como ter acesso através de teclas e acessar os links de forma mais fácil.

    O caderno Turismo também é uma inovação em Juiz de Fora e região e surgiu devido à carência de conteúdo jornalístico voltado para a região. Também em 2006, época do lançamento do caderno, a equipe do Portal percebeu a necessidade de divulgar informações sobre o turismo dos mais de 150 municípios que compõem a Zona da Mata Mineira.

    Colaboração

    Além dos internautas, o Portal possui colaboradores fixos, que contribuem com artigos sobre diversos temas. O caderno Astral é o mais antigo, desde 1999, com previsões semanais para todos os signos, características do Signo do Mês e Aniversariantes de Alto Astral, tudo elaborado pelo astrólogo Max Klim, pseudônimo do jornalista Carlos Alberto Lemes de Andrade.

    Entre os colaboradores mais antigos do Portal, estão também o consultor de Marketing Roberto Monti, que escreve desde janeiro de 2001, e a psicóloga e doutora em Fonoaudiologia Cal Coimbra, que envia artigos mensais desde abril de 2001. Atualmente, o Portal conta com 14 colaboradores.

    Especiais

    Ilustração do caderno Zona Pink, escrito: Cada um na sua e todos aqui! Entre os cadernos especiais do Portal ACESSA.com, destaca-se o caderno Zona Pink, que surgiu juntamente com o JF Service em 1998 com o nome de Miss Gay e, portanto, comemora seus dez anos de existência e reconhecimento pelo público. "Desde quando surgiu o caderno Miss Gay, foi uma novidade na internet", comenta Ludmila, lembrando que a cobertura dos eventos GLBT é realizada há dez anos ininterruptamente, mesmo quando o concurso Miss Brasil Gay saiu de Juiz de Fora.

    Em 2004, o idealizador e organizador do concurso Miss Brasil Gay, Chiquinho Motta, resolveu transferir o evento para o Rio de Janeiro. Como o Portal já cobria outros eventos GLBT da cidade desde 2001, o nome Zona Pink mostrou a abrangência dada aos assuntos com o slogan Cada um na sua. Todos aqui!.

    "Viramos referência para o público que procura pelo Miss Gay na internet, a ponto de sermos confundidos com a organização do evento. A cobertura dos eventos é uma tarefa que não podemos deixar de cumprir", afirma a editora geral. Para se ter uma idéia, Ludmila conta que cerca de dois meses antes do concurso e da Rainbow Fest, os acessos ao caderno aumentam, ficando entre os dez cadernos mais acessados.

    Outros especiais são os cadernos de Namorados, Noivas, Dia das Mães e Fim de Ano. Este ano, as pessoas podem conferir novamente o caderno de Festa Junina e deliciar com as receitas de Inverno.

    Os especiais, assim como os outros links do portal, aparecem no menu ao lado esquerdo da página. O Circuito de Minas mostra os roteiros de quem quer acompanhar a programação turística em Minas Gerais, por diversas regiões. O especial sobre frutas mostra a variedade e os valores nutricionais, além de receitas que podem ser preparadas com as frutas.

    O alerta para os perigos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegipty no Brasil e, especificamente em Juiz de Fora, estão no especial Dengue, dentro do Caderno Vida Saudável.

    A produção de todo o conteúdo, durante os dez anos de Portal, ficam em arquivo para que os internautas possam acessar a qualquer momento. Esta é uma forma, também, dos leitores acompanharem o progresso do webjornalismo realizado pelo Portal ACESSA.com. "Ao longo dessa primeira década, nós acompanhamos a evolução da internet e do jornalismo online, que ainda é novo e, mesmo assim, nós tentamos não deixar a cidade de fora deste progresso. Procuramos fazer do Portal uma referência, além de divulgar Juiz de Fora para o mundo", ressalta Ludmila.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.