• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Objetos com toques diferenciados auxiliam na decoração de ambientesO azul e o amarelo estão em alta. Essas tonalidades podem vir junto com os clássicos branco, prata ou transparente

    Aline Furtado
    Repórter
    11/2/2012
    Vaso

    Para quem pensa que decorar ambientes de casa pesa no bolso pode estar enganado. Com poucos objetos é possível conferir desde ares sofisticados e clássicos até enfeitar ambientes mais rústicos.

    "O que vai diferenciar o estilo do ambiente é o material do qual são feitas as peças que o compõem, além do estilo das peças, claro", ensina a proprietária de uma loja de decoração, Elizabeth Mauad. De acordo com ela, os juiz-foranos costumam optar por objetos mais sofisticados, abrindo mão de peças rústicas.

    Para quem pretender decorar ou repensar a decoração, uma das dicas é pensar nas cores. "O azul e o amarelo estão em alta. Mas, diferentemente de pouco tempo atrás, quando a tendência eram objetos nas cores azul escuro e amarelo forte, hoje, a moda é o azul mais claro e o amarelo cítrico, mais puxado para o amarelo limão. Essas tonalidades podem vir junto aos clássicos branco, prata ou transparente."

    Mas é importante ter bom senso no momento da escolha dos objetos de decoração. "Atualmente, cores fortes são vistas até mesmo em móveis, como sofás por exemplo. Com isso, é fundamental usar o bom senso para não correr o risco de errar, fazendo uso de muitas cores." Com isso, segundo Elizabeth, um bom caminho é optar por poucas peças quando o ambiente já tem muitas e fortes tonalidades. "O ideal é escolher peças bonitas e de grande efeito porque elas já bastam por si."

    Com relação às peças mais indicadas estão vasos, esculturas, almofadas, castiçais, estátuas, elefantes, cavalos, além de cabeças de Buda. "Vasos podem ser encontrados de várias cores, materiais, formatos e estilos. Já os castiçais são excelentes para serem colocados em mesas, ao lado de centros de mesa ou aparadores. Diferentemente do que as pessoas costumam pensar, uma mesa de jantar, por exemplo, pode ter, além do centro de mesa, enfeites como castiçais e até mesmo esculturas."

    Já com relação às almofadas, Elizabeth destaca que, antigamente, essas peças não eram vistas como objetos de decoração, mas, hoje, ganharam detalhes como tecidos diferenciados, fios de strass e até mesmo renda. "A renda está em alta não só no vestuário, mas também em objetos decorativos, como é o caso das almofadas."

    Flores em alta

    Entre as flores usadas para decorar ambientes, estão em alta as hortências, os lírios, as tradicionais rosas brancas e as clássicas orquídeas. "Uma tendência é misturar, em um mesmo arranjo, flores de diferentes tipos e cores, como rosas, folhagens, entre outras."

    Alguns optam pelo tradicional

    Mesmo com muitas novidades no mercado de decoração, muitas pessoas optam por peças tradicionais. Um exemplo são as frutas, como uvas, maçãs e outras. "O tempo passa, mas as pessoas continuam procurando esse tipo de peça. O mesmo ocorre com peças confeccionadas com o clássico cristal."

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.