• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sexta-feira, 7 de dezembro de 2012, atualizada às 15h50

    Museu Mariano Procópio recebe último show do Circuito Música da Cidade

    Edwards Junior
    *Colaboração
    Matilda

    Os shows da banda juiz-forana Matilda (foto ao lado) e o da cantora belo-horizontina, Luiza Brina (foto abaixo) marcam o encerramento do Circuito Música da Cidade, no Museu Mariano Procópio, neste sábado, à partir das 16h, com entrada gratuita. O evento, que ocorre há dois anos, é organizado pela Cooperativa da Música de Minas Gerais (Comum), com apoio da Fundação Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), e vem promovendo o encontro musical entre Juiz de Fora e Belo Horizonte desde o dia primeiro de setembro.

    Nesta sexta-feira, 7 de dezembro, véspera do encerramento, ocorre a Conversa em Cena, um encontro que busca promover a integração e trocas de experiências entre músicos, produtores e jornalistas interessados em discutir a produção musical em Minas Gerais. O evento será realizado na Videoteca do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, na avenida Getúlio Vargas 200, às 19h.

    Formada por Amanda Martins (flauta transversa, percussão e voz), Bia Nascimento (violão e voz), Fabrícia Valle (percussão e voz) e Juliana Stanzani (voz e percussão), a banda Matilda, está na fase final de gravação de seu primeiro CD, chamado Patuá, com apoio da Lei Murilo Mendes. E na apresentação deste fim de semana, as mulheres da Matilda receberão, em parte do show, o baterista Pedro Crivellari, o baixista Lula Ricardo e o percussionista Rick Vargas, que também participarão da gravação do álbum.

    A banda apresentLuiza Brinaa canções autorais e de parceiros musicais, mesclando diversas influências da música brasileira e mundial. Segundo Juliana Stanzani, a "Matilda tem um som muito misturado, com influências da música popular brasileira regional, da música latina, da nova MPB, além de elementos de outros estilos como o blues e o rock". Ela afirma que tem acompanhado o circuito e tem achado "muito legal. Tem proporcionado um intercâmbio musical muito importante". Além disso, a vocalista afirma que "o evento abre um espaço importante para a criação de um público de música autoral, que tem uma produção muito forte em Juiz de Fora".

    A cantora, compositora e instrumentista belo-horizontina, Luiza Brina, se apresentará neste sábado com a banda O Liquidificador, que a acompanha há um ano, e é formada por Ana Estrela (saxofone tenor), Analu (percussão), Christiano de Souza (percussão), Flora Lopes (percussão), João Paulo Prazeres (saxofone alto e flauta), Thais Montanari (flauta) e Vanilce Peixoto (violoncelo). Luiza Brina e o Liquidificador acabaram de lançar o CD A toada vem é pelo vento, misturando influências da música brasileira e latina, como samba, xote e salsa.

    *Edwards Junior é estudante do 6º período de Comunicação Social da UFJF

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.