Sexta-feira, 28 de março de 2014, atualizada às 09h51

Circuito resgata memória dos movimentos de resistência aos governos militares

Circuito 1964

Começa nesta sexta-feira, 28 de março, às 19h, o circuito 1964: Memória, História, Cultura e Resistência – 50 Anos do Golpe. Através de palestras, debates e apresentações artísticas, o evento pretende explorar as origens internacionais do golpe militar e os movimentos políticos e culturais de resistência, além de se apresentar enquanto manifesto político-artístico. Todas as atividades são gratuitas e vão até o dia 4 de abril.

Mais de 50 artistas, ativistas e agitadores políticos estão envolvidos com as ações propostas. A ideia, segundo os organizadores, é contribuir para a recuperação da memória sobre a repressão, censura e os efeitos humanos, políticos e sociais do período dos governos militares. Confira a programação completa:

28 de março (sexta-feira)

# Abertura

Palestra "Lutas sociais do povo brasileiro", com Anita Leocádia Prestes

19h – Câmara Municipal de Juiz de Fora (Parque Halfeld)

Apresentação do Coral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

29 de março (sábado)

# Protesto Cultural – Liberdade de expressão, política com arte

A partir das 16h – Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (Av. Getúlio Vargas, 200, Centro)

16h: Poesia em Estado Bruto (Rap e Poesia) – Sala de Encenação Flávio Márcio | Com a participação de Tiago Rattes, Kadu Mauad, Julio Satyro, Fábio Machado, entre outros poetas

18h: Verbo em Descontrole – Sala de Encenação Flávio Márcio | Leituras poéticas sobre colagens sonoras em vinil

19h: Teatro Lido – Corredor Alternativo | Texto: Fábrica de Chocolate, de Plínio Marcos | Direção: Marcus Amaral | Elenco: Giane Elisa, Gil Alves, Leonardo Cunha, Marcelo Costa Carvalho, Marcelo Jardim, Marcus Amaral e Vinícius Cristóvão

21h: Grito Musical – Corredor da Biblioteca Municipal Murilo Mendes | Com as bandas Barembar e Seu Nadir

30 de março (domingo)

# Protesto Cultural – Liberdade de expressão, política com arte

A partir das 14h – Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (Av. Getúlio Vargas, 200, Centro)

14h: Oficina de lambe-lambe "Impacto"– Corredor da Biblioteca Municipal Murilo Mendes | Com Fernanda Toledo (Pekena)

17h: Teatro Lido – Corredor Alternativo | Texto: Otelo Xeque Mate, de Alberto Kurapel (Chile) | Direção: Marcos Marinho | Elenco: Gabriela Machado, Hussan Fadel, Marcos Bavuso e Tairone Vale

18h: Palavra e Som Performance Poética – Sala de Encenação Flávio Márcio | Com Júlio Satyro e Léo Silva

19h: Resistência Musicada – Corredor da Biblioteca Municipal Murilo Mendes | Com as bandas FBI e Roger Resende

31 de março (segunda-feira)

# Debate "Experiências de resistência" - partidos políticos e movimentos que atuaram contra o golpe

19h – Câmara Municipal de Juiz de Fora (Parque Halfeld)

Com Mauro Iasi (PCB), Aton Fon Filho (Consulta Popular), Gilberto Gomes (Convergência Socialista) e Rene Matos (PT)

1º de abril (terça-feira)

# Ato "Golpe e ditadura nunca mais"

Das 17h às 19h Calçadão da Rua Halfeld (em frente ao Banco do Brasil)

# Sarau Cálice: como beber dessa bebida amarga – música, literatura e resistência

20h – Livraria Liberdade (Rua Benjamin Constant, 801, Centro)

2 de abril (quarta-feira)

# Liberdade ideias – 50 anos do golpe

19h – Livraria Liberdade (Rua Benjamin Constant, 801, Centro)

3 de abril (quinta-feira)

# Memórias da resistência em Juiz de Fora

Mesa com depoimentos de militantes de movimentos do período

20h – Livraria Liberdade (Rua Benjamin Constant, 801, Centro)

4 de abril (sexta-feira)

# Americalibre – confraternização (discotecagem em vinil)

19h – Livraria Liberdade (Rua Benjamin Constant, 801, Centro)

De 29 de março a 4 de abril - Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (Av. Getúlio Vargas, 200, Centro)

# Exposição documental "Cacos de uma memória oculta"

Pesquisa e organização: Luciano Mendes, Fábio Machado, Bárbara Vital e Hussan Fadel

# Exposição fotográfica "O olhar capturado como linguagem"

Com trabalhos de Gopala Deva, Tom Rodrigues e Vania Marinho

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.