• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    Sexta-feira, 23 de setembro de 2011, atualizada às 18h01

    Comissão questiona eficácia de 13 leis municipais por direitos dos idosos

    Da Redação
    Foto da reunião

    A Comissão Especial do Idoso, instituída na Câmara Municipal de Juiz de Fora, questionou a eficácia de 13 leis municipais pelos direitos dos idosos, em mais uma reunião ocorrida nesta sexta-feira, 23 de setembro. O número representa 30% do total de leis para a terceira idade (44) e 62% do número de leis analisadas no encontro (21).

    As principais dificuldades encontradas foram as sobreposições de instrumentos legais uns nos outros, que culminam na nulidade das leis. Os documentos serão reavaliados pela Procuradoria da Câmara.

    A legislação que causou mais polêmica foi a que cria o Conselho Municipal do Idoso. Devido à complexidade das modificações que seriam necessárias — a lei precisaria ser completamente reescrita —, a Câmara entendeu ser prudente criar uma subcomissão para avaliá-la separadamente.

    Com esta reunião, a Comissão do Idoso, praticamente, termina seus trabalhos. Na próxima terça-feira, 27, o grupo, composto por representantes do Legislativo e de 17 entidades representativas da cidade, tem o último encontro, em que será elaborada a carta compromisso, uma espécie de documento final dos trabalhos. A carta será assinada no dia 1º de outubro, data em que é celebrado o Dia Nacional do Idoso.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.