Segunda-feira, 4 de junho de 2012, atualizada às 18h

Negociações salariais dos professores municipais seguem sem avanços

Jorge Júnior
Repórter
professores

As negociações salariais dos professores municipais de Juiz de Fora seguem sem avanços. Segundo o coordenador-geral do Sindicato dos Professores de Juiz de Fora (Sinpro-JF), Flávio Bitarello, a reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 4 de junho, com o secretário de Administração e Recursos Humanos, Vítor Valverde, não atendeu às expectativas da categoria. "O secretário afirmou que iria apresentar uma proposta sobre o piso salarial e o restante da pauta, mas isso não foi cumprido."

Com essa situação, Bitarello diz que Valverde ficou de enviar o documento, por escrito, até esta quarta-feira, 6, ao sindicato. "Desde março, estamos tentando negociar, mas ainda não conseguimos nada", lamenta. A primeira manifestação regional está marcada para esta quarta-feira, 6, na praça do bairro Santa Luzia, às 10h. "Naquela região têm muitas escolas municipais, então, vamos reunir os profissionais e a comunidade local."

Outra reunião está agendada para a próxima segunda-feira, 11, às 14h30, com o secretário. Na terça-feira, 12, ocorre uma assembleia, às 14h30, com paralisação. "Esperamos que haja uma resposta objetiva da Prefeitura", acrescenta. A assessoria da Prefeitura confirmou que a reunião não teve nenhum avanço e também informou que outro encontro está marcado para a próxima segunda.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.