• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Professores municipais decidem pela manutenção da greve em JF

    Assembleia discutiu as propostas estabelecidas entre os dirigentes da PJF e do Sinpro-JF, durante uma reunião no Tribunal de Justiça de Minas Gerais

    Andréa Moreira
    Repórter
    14/05/2013
    Assembleia Sinpro-JF

    Com apenas oito abstenções, nenhum voto contrário e mais de 1.200 a favor, os professores da rede municipal resolveram manter a greve iniciada no dia 23 de abril. A decisão foi tomada na assembleia desta terça-feira, 14 de abril, a qual discutiu as propostas estabelecidas em uma reunião entre os dirigentes da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e do Sindicato dos Professores de Juiz de Fora (Sinpro-JF), no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na última segunda-feira, 13. "A categoria não rejeitou a proposta, apenas autorizou que a comissão de negociação melhore os termos apresentados," explica a coordenadora do Sinpro-JF, Aparecida de Oliveira Pinto.

    Para isso, os dirigentes do sindicato irão fazer mais uma reunião com os representantes da Prefeitura, nesta quarta-feira, 15. "Queremos a melhoria de três pontos específicos que trata do Adicional Anual de Incentivo ao Magistério (AAIM), da Ajuda de Custo para a Valorização do Magistério (ACVM) e do adicional para os profissionais do PR-A," explica Aparecida.

    A coordenadora afirma ainda que a categoria já conquistou alguns avanços, pois a Prefeitura, durante a reunião no TJMG, concordou com a redução de cinco minutos na hora-aula a partir de 31 de julho de 2013, e a implementação da Lei do Piso a partir do início do período letivo de 2014. "Essas vitórias só foram possíveis graças à união dos professores. E isso pode ser comprovado mais uma vez na assembleia de hoje," destaca.

    Após a assembleia, os professores, mais uma vez, saíram com bandeiras e faixas pelas ruas centrais de Juiz de Fora, informando a população sobre os acontecimentos mais recentes. De acordo com a assessoria do Sinpro-JF, o abaixo-assinado para garantir o cumprimento da Lei do Piso, que estipula 1/3 da jornada extraclasse, já tem mais de 7 mil assinaturas.

    Manisfestação Sinpro Manisfestação Sinpro

    Confira as propostas estabelecidas na reunião com o TJMG

    • Reajuste de 4,63% para toda categoria, correspondente ao período de janeiro a abril de 2013, para pagamento parcelado entre julho e dezembro desse ano, totalizando 70% do valor. Os 30% restantes serão pagos até 20 de janeiro de 2014, podendo ser antecipados caso o aumento da receita municipal seja além do previsto no orçamento;
    • Reajuste de 1,87% para toda categoria a partir de maio de 2013, totalizando 6,5% de recomposição a partir da data-base;
    • Manutenção da redução de cinco minutos na hora-aula a partir de 31 de julho de 2013;
    • Implementação da Lei do Piso a partir do início do período letivo de 2014;
    • Reajuste de 10% no Adicional Anual de Incentivo ao Magistério (AAIM), inclusive para diretores, vice-diretores e inativos;
    • Ajuda de Custo para Valorização do Magistério (ACVM) mantida em R$ 700;
    • Antecipação da data-base para 1º de janeiro;
    • Manutenção do adicional de R$ 100 para os profissionais PR-A;
    • Início do processo de abertura de concursos públicos, com levantamento das demandas em vários cargos pela Secretaria de Educação para elaboração de edital;
    • Efetivação dos concursados a partir de demandas da Secretaria de Educação;
    • Convocação e contratação temporária antes do término do ano letivo para o ano subsequente;
    • Publicação de aviso contendo a programação e o calendário de Curso de Treinamento Específico para a classe de secretário escolar, com início das aulas no mês de agosto de 2013. Os aprovados neste processo seletivo terão progressão na carreira, com aumento do vencimento em até 69,44%.
    • Confecção de carteira funcional;
    • Estudo para disponibilização do contracheque on-line no site da Prefeitura.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.