• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Sexta-feira, 7 de junho de 2013, atualizada às 16h40

    Biblioteca da UFJF recebe mais de 2.500 títulos originais

    Andréa Moreira
    Repórter
    Biblioteca UFJF

    Mais de 2.500 obras raras de psicólogos, filósofos e historiadores, nos idiomas inglês, alemão e francês. Este é o acervo que o Núcleo de História e Filosofia da Psicologia Wilhelm Wundt, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), recebeu do psicólogo e pesquisador americano William Woodward. A inauguração da biblioteca, que ocorreu na manhã desta sexta-feira, 7 de junho, contou com a presença do psicólogo que falou sobre a iniciativa da doação. "Já realizei diversas doações, pois acredito que o conhecimento deve ser divulgado de muitas maneiras. Anos atrás, fiz este mesmo gesto para países comunistas. Agora, realizando este gesto no Brasil, me sinto mais útil e mais feliz por saber que estes livros serão usados por estudantes."

    Felicidade compartilhada pelo estudante de psicologia Bruno Coelho. "Muito importante para nós, estudantes, termos a oportunidade e o privilégio de estudarmos nestes livros, que além da linguagem original possui uma base teórica muito profunda. O que, com certeza será fundamental para adquirirmos uma formação mais ampla."

    A ligação do psicólogo americano com a UFJF surgiu em uma conferência, no ano de 2011, a qual teve a participação do professor Saulo Araújo, atual coordenador do Núcleo de História e Filosofia da Psicologia Wilhelm Wundt. "Já conhecia e, inclusive, estudei muito nos livros do William Woodward. Ou seja, já nutria uma admiração por este pesquisador. Então quando tive a oportunidade de conhecê-lo, nos aproximamos e ele me revelou a sua vontade de doar o acervo pessoal para uma instituição de ensino fora do Estados Unidos. Protamente, ofereci a UFJF e de lá para cá começamos as negociações," explica o professor, que ressalta a importância destas obras para a universidade. "Recebemos um conhecimento inestimável, que irá auxiliar não somente os alunos da psicologia, como toda a comunidade acadêmica e de pesquisa da UFJF."

    O diretor do núcleo destaca que algumas obras irão receber tratamento de restauração dos funcionários do Museu de Arte Moderna Murilo Mendes. "Temos obras raríssimas. Algumas do século passado, que merecem um cuidado especial." Araújo afirma ainda que um dos destaques do acervo, é o original Physiologischen Psychologie, de autoria de Wilhelm Wundt, do ano de 1911. "A primeira edição deste livro foi lançada em 1874 e temos a honra de termos aqui, a 6ª edição original, do homem que simplesmente é o homenageado do nosso núcleo."

    Biblioteca UFJF Biblioteca UFJF

    O doador

    William Woodward é um dos pioneiros da nova historiografia da psicologia. Doutor em História da Ciência e Medicina pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos da América (EUA), Woodward fundou e dirigiu, de 1975 a 2010, o Programa de Pós-graduação em História da Psicologia da Universidade de New Hampshire, o primeiro do seu gênero nos EUA. O professor formou uma geração de psicólogos-historiadores que hoje ocupam posições importantes na Sociedade Americana de Psicologia e na Sociedade Internacional de História das Ciências Sociais e do Comportamento. Além disso, publicou quatro livros que deram uma nova direção às pesquisas históricas em psicologia no século XX.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.