Lucas Soares Lucas Soares 26/08/2013

O que houve com o Fluminense?

botafogoUma das grandes decepções do ano até o momento no futebol brasileiro é o Fluminense. O time das Laranjeiras não vem conseguindo repetir as boas atuações que o levaram ao título do Brasileirão em 2010 e 2012 e está muito abaixo das expectativas criadas pelos torcedores mais pessimistas. Atualmente ocupa a 15ª posição na tabela, apenas duas acima da zona de rebaixamento.

Considerado um dos elencos mais fortes do campeonato, o Tricolor Carioca viu a base de sua equipe desmoronar na janela de transferências com a perda de Wellington Nem e Thiago Neves - que não vinha jogando bem em 2013. As constantes lesões de Deco, que anunciou a aposentadoria nesta manhã por esse motivo foram outro ponto. Fred, ídolo e capitão do time, tornou-se peça chave da Seleção Brasileira e foi outro que desfalcou o Flu por algumas rodadas com suas convocações. Jean e Diego Cavalieri também foram lembrados por Felipão em algumas oportunidades.

As contratações para o ano não deram tão certo quanto esperado. Dos cinco reforços que trouxeram - Rhayner, Wellington Silva, Monzón, Felipe e Marcelinho, apenas Felipe figura entre os titulares no momento. Wellington Silva sofre com lesões desde o início do ano e até o momento não repetiu o bom futebol apresentado no Flamengo ano passado. Rhayner, outro que está machucado, conseguiu acabar com sua sina sem marcar gols, mas a vaga no ataque é de Rafael Sóbis e Fred. Monzón já foi até devolvido ao Lyon e Marcelinho chegou há pouco tempo, mas é outro que está no departamento médico.

Mais um fator que certamente contribuiu para a queda de rendimento do Tricolor foi o comando da equipe. Abel Braga pareceu ter perdido a confiança no elenco quando estava sem seus principais jogadores e, em algumas oportunidades, deu declarações controversas, até mesmo criticando alguns deles e a postura do time. Acabou demitido. Trouxeram Vanderlei Luxemburgo, contestado e sem o apoio da diretoria - foi o patrocinador que bancou - que ainda não deu jeito no time.

Por isso, leitor tricolor ou não, refaço a pergunta título deste post: o que houve com o Fluminense? Teve mais algum motivo obscuro ou o caminho foi este mesmo? Quais são as expectativas do time no campeonato? Deixe sua resposta nos comentários!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Diretor de Mídias Sociais da Agência Ethos e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal

-
Lucas Soares Lucas Soares 26/08/2013

O que houve com o Fluminense?

botafogoUma das grandes decepções do ano até o momento no futebol brasileiro é o Fluminense. O time das Laranjeiras não vem conseguindo repetir as boas atuações que o levaram ao título do Brasileirão em 2010 e 2012 e está muito abaixo das expectativas criadas pelos torcedores mais pessimistas. Atualmente ocupa a 15ª posição na tabela, apenas duas acima da zona de rebaixamento.

Considerado um dos elencos mais fortes do campeonato, o Tricolor Carioca viu a base de sua equipe desmoronar na janela de transferências com a perda de Wellington Nem e Thiago Neves - que não vinha jogando bem em 2013. As constantes lesões de Deco, que anunciou a aposentadoria nesta manhã por esse motivo foram outro ponto. Fred, ídolo e capitão do time, tornou-se peça chave da Seleção Brasileira e foi outro que desfalcou o Flu por algumas rodadas com suas convocações. Jean e Diego Cavalieri também foram lembrados por Felipão em algumas oportunidades.

As contratações para o ano não deram tão certo quanto esperado. Dos cinco reforços que trouxeram - Rhayner, Wellington Silva, Monzón, Felipe e Marcelinho, apenas Felipe figura entre os titulares no momento. Wellington Silva sofre com lesões desde o início do ano e até o momento não repetiu o bom futebol apresentado no Flamengo ano passado. Rhayner, outro que está machucado, conseguiu acabar com sua sina sem marcar gols, mas a vaga no ataque é de Rafael Sóbis e Fred. Monzón já foi até devolvido ao Lyon e Marcelinho chegou há pouco tempo, mas é outro que está no departamento médico.

Mais um fator que certamente contribuiu para a queda de rendimento do Tricolor foi o comando da equipe. Abel Braga pareceu ter perdido a confiança no elenco quando estava sem seus principais jogadores e, em algumas oportunidades, deu declarações controversas, até mesmo criticando alguns deles e a postura do time. Acabou demitido. Trouxeram Vanderlei Luxemburgo, contestado e sem o apoio da diretoria - foi o patrocinador que bancou - que ainda não deu jeito no time.

Por isso, leitor tricolor ou não, refaço a pergunta título deste post: o que houve com o Fluminense? Teve mais algum motivo obscuro ou o caminho foi este mesmo? Quais são as expectativas do time no campeonato? Deixe sua resposta nos comentários!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Diretor de Mídias Sociais da Agência Ethos e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal

Lucas Soares Lucas Soares 26/08/2013

O que houve com o Fluminense?

botafogoUma das grandes decepções do ano até o momento no futebol brasileiro é o Fluminense. O time das Laranjeiras não vem conseguindo repetir as boas atuações que o levaram ao título do Brasileirão em 2010 e 2012 e está muito abaixo das expectativas criadas pelos torcedores mais pessimistas. Atualmente ocupa a 15ª posição na tabela, apenas duas acima da zona de rebaixamento.

Considerado um dos elencos mais fortes do campeonato, o Tricolor Carioca viu a base de sua equipe desmoronar na janela de transferências com a perda de Wellington Nem e Thiago Neves - que não vinha jogando bem em 2013. As constantes lesões de Deco, que anunciou a aposentadoria nesta manhã por esse motivo foram outro ponto. Fred, ídolo e capitão do time, tornou-se peça chave da Seleção Brasileira e foi outro que desfalcou o Flu por algumas rodadas com suas convocações. Jean e Diego Cavalieri também foram lembrados por Felipão em algumas oportunidades.

As contratações para o ano não deram tão certo quanto esperado. Dos cinco reforços que trouxeram - Rhayner, Wellington Silva, Monzón, Felipe e Marcelinho, apenas Felipe figura entre os titulares no momento. Wellington Silva sofre com lesões desde o início do ano e até o momento não repetiu o bom futebol apresentado no Flamengo ano passado. Rhayner, outro que está machucado, conseguiu acabar com sua sina sem marcar gols, mas a vaga no ataque é de Rafael Sóbis e Fred. Monzón já foi até devolvido ao Lyon e Marcelinho chegou há pouco tempo, mas é outro que está no departamento médico.

Mais um fator que certamente contribuiu para a queda de rendimento do Tricolor foi o comando da equipe. Abel Braga pareceu ter perdido a confiança no elenco quando estava sem seus principais jogadores e, em algumas oportunidades, deu declarações controversas, até mesmo criticando alguns deles e a postura do time. Acabou demitido. Trouxeram Vanderlei Luxemburgo, contestado e sem o apoio da diretoria - foi o patrocinador que bancou - que ainda não deu jeito no time.

Por isso, leitor tricolor ou não, refaço a pergunta título deste post: o que houve com o Fluminense? Teve mais algum motivo obscuro ou o caminho foi este mesmo? Quais são as expectativas do time no campeonato? Deixe sua resposta nos comentários!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Diretor de Mídias Sociais da Agência Ethos e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal