• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios

    Comércio de Juiz de Fora já oferece produtos de Natal

    Aumento das vendas é o objetivo principal dos comerciantes que antecipam a exposição de produtos

    Andréa Moreira
    Repórter
    20/10/2012
    Decoração de Natal

    Faltando pouco mais de dois meses para o Natal, o comércio de Juiz de Fora já começa a se preparar para a venda de produtos natalinos. Diferente de outros anos, quando as vitrines começaram a receber os enfeites entre o final de outubro e o início de novembro, alguns lojistas da cidade anteciparam a exposição das mercadorias, com o objetivo de aumentar as vendas, como é o caso da loja Big Decorações. "Sentimos um pouco a queda nas vendas neste mês de outubro, então resolvemos antecipar a época de exibição das mercadorias de Natal," explica a vendedora Lígia Maria de Souza Ferreira.

    Alavancar as vendas também foi o motivo principal para antecipar a oferta dos produtos na Loja Brasil, localizada na avenida Rio Branco, segundo o gerente João Paulo Gonçalves Loures. "Como este ano estamos com uma variedade maior de mercadorias, resolvemos apresentar os produtos logo no início de outubro." Tática que vem se mostrando positiva, como afirma Loures. "Apesar de estarmos no início das vendas, acredito que fizemos algo certo, pois algumas mercadorias para as festas de fim de ano já acabaram e terei que fazer novo pedido para reposição."

    Contratações

    O Ministério do Trabalho (MTE) divulgou na última quarta-feira, 17 de outubro, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de setembro. De acordo com o relatório, o setor do comércio admitiu 1.605 profissionais e desligou 1.393, gerando um saldo positivo de 212 novos postos de trabalho em Juiz de Fora. Em entrevista ao Portal ACESSA.com, o presidente do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora, Emerson Belloti, afirmou acreditar que os dados já refletem as contratações de final de ano.
    "Os números estão de acordo com a expectativa do setor, já que estamos próximos do Natal, por isso, o comércio já começou as contratações temporárias, que devem durar até o final do mês de dezembro".

    Apesar de não ter começado as contratações temporárias, o gerente da Loja Brasil acredita que a antecipação das vendas será um termômetro para determinar o número de novos postos de trabalho. "Nos últimos dois anos, a loja contratou praticamente o mesmo número de funcionários temporários. Mas como nossas vendas já começaram, iremos basear a abertura de novas vagas de acordo com as vendas," explica Loures.

    Comodidade

    Os consumidores ainda estão habituando com as mercadorias nas lojas, como é o caso da professora Lúcia de Castro. "Confesso que levei um pouco de susto ao entrar em algumas lojas e ver que os produtos de Natal já estão à venda. Isso indica que o ano está acabando." Já a aposentada Geni Alves Fialho aproveita essa época para fazer as compras com mais comodidade. "Adorei fazer minhas compras de enfeites natalinos no início de outubro. Afinal, as lojas não estão lotadas e consigo escolher os melhores produtos," afirma.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.