Juiz de Fora - MG

Quinta-feira, 27 de agosto de 2015, atualizada às 10h06

Vereador José Emanuel quer criação de 'CPI da Empav'

O vereador José Emanuel (PSC) irá protocolar, nos próximos dias, um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apuração de possíveis irregularidades na Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização (Empav). No primeiro semestre, o parlamentar tentou, sem sucesso, a criação de uma CPI para apurar a falta de medicamentos nas unidades de saúde de Juiz de Fora.

Segundo Emanuel, o pedido é baseado na denúncia feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserpu) ao Ministério Público de Minas Gerais. "Vou esperar uma audiência pública sobre a Empav, solicitada pelo Castelar (PT), e logo após vou entrar com o requerimento. Pedi que a audiência aconteça em caráter emergencial para fazermos a abertura da CPI. Isso acontece porque a comissão de sindicância criada pela Prefeitura trabalha apenas em cima das denúncias do sindicato. Não estão vendo leilão, venda de terrenos, nada disso. Como é que o prefeito manda uma mensagem para a Câmara, transferindo um empréstimo que ele pedia a Caixa Econômica para o BDMG de até de R$ 26 milhões para pavimentação? Naturalmente irá contratar o serviço da Empav. Como que a Câmara vai dar credibilidade a isto, se a Empav está sob judice? Ontem (26) eu pedi vista à mensagem do empréstimo. Isso já passou pela casa há um ano, foi autorizado, mas a Prefeitura não conseguiu", afirma.

O pedido de criação de CPI chegou a ser cogitado na última semana, porém, houve acordo entre os presidentes da Câmara, Rodrigo Mattos (PSDB) e do Sinserpu, Amarildo Romanazzi, para aguardar a sindicância aberta pelo Conselho de Administração da Empav.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.