Juiz de Fora - MG

Sexta-feira, 28 de agosto de 2015, atualizada às 10h10

Missionário Márcio Santiago tem mandato cassado pelo TRE

O deputado estadual Missionário Márcio Santiago (PTB), eleito por Juiz de Fora, teve o mandato cassado durante a última quinta-feira, 27 de agosto, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A denúncia partiu do primeiro suplente do PTB, o ex-jogador Marques, que denunciou abuso de poder político, de autoridade e religioso em um evento religioso na Praça da Estação, em Belo Horizonte, às vésperas da eleição de 2014. Na ocasião, Márcio Santiago, o deputado federal Pastor Franklin (PTdoB) - que também teve o mandato cassado, e o apóstolo Valdomiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, realizaram campanha no evento, segundo o TRE. Os três ficam inelegíveis por oito anos. O resultado da decisão dos desembargadores e juízes foi de 4 a 3 para a cassação.

Missionário Márcio Santiago (PTB) afirmou, logo após a decisão, que irá recorrer da sentença. Ele argumenta que obteve mais de 76 mil votos em mais de 800 cidades no estado e que o voto desses cidadãos não pode ser desconsiderado. “Apesar de respeitar a Justiça, considero um desrespeito aos meus eleitores a decisão de cassar o mandato que me confiaram”, argumenta o parlamentar.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.