• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 5 de fevereiro de 2013, atualizada às 16h27

    Cem mil camisinhas serão distribuídas no Carnaval de Juiz de Fora

    Cintia Charlene
    *Colaboração
    campanha ss

    Cerca de cem mil camisinhas serão distribuídas durante o Carnaval em Juiz de Fora. Além disso, 50 mil folders, cartilhas e porta preservativos também serão oferecidos à população. As informações foram divulgadas nesta terça-feira, 5 de fevereiro pela assessoria da Prefeitura.

    De acordo com o departamento, o objetivo principal é reforçar que o uso da camisinha deve ser sempre um hábito possível de ser mantido, podendo até melhorar a relação, desconstruindo o imaginário popular de que "fazer sexo sem camisinha é melhor". A campanha deste ano tem como tema A vida é melhor sem Aids. Proteja-se. Use camisinha.

    Além disso, o Programa de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) divulgou o calendário das atividades que serão realizadas pelas equipes volantes e voluntários do programa, com a missão de orientar e conscientizar a população para a prevenção da aids e outras DSTs. A ação irá ocorrer nos dias de carnaval pelas ruas da cidade, em blocos tradicionais e nos vários grupos que desfilam pelos bairros.

    Os projetos recebem o apoio das associações de bairros, organizadores dos blocos e grupos de trabalho, junto às empresas públicas e privadas da rede de prevenção, que também estarão atuando durante toda esta semana que antecede o Carnaval.

    Programação

    Na quinta-feira, 7 de fevereiro, a equipe do Programa de Prevenção DST/Aids estará com um ponto de distribuição de preservativos e materiais educativos no bloco Pagodão.

    Na sexta-feira, 8, quem recebe a equipe de prevenção é o bloco do Beco, por meio de um ponto móvel de distribuição de preservativos e materiais educativos.

    Já no sábado, 9, a ação ocorre na Banda Daki, a partir das 10h, com concentração em frente ao Vianna Júnior. Será montado um stand de prevenção para orientar os foliões.

    Passarela do Samba

    A equipe do Programa de Prevenção DST/Aids também estará presente na avenida, na concentração e dispersão das escolas de samba, arquibancadas, camarotes e comércio local. Nos eventos paralelos aos desfiles; bailes de Carnaval e programações particulares; as equipes estarão presentes mediante solicitação feita por seus organizadores. O objetivo é levar ações de prevenção e distribuição de material informativo ao grande público.

    *Cintia Charlene é estudante do 7º período de Comunicação Social da UFJF

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.