Adilson Almeida Adilson Almeida 20/1/2012

Hábitos alterados pela tecnologia

Foto de GPSAs mudanças em nossas vidas, ultimamente, são rápidas. Quando piscamos, já tem algo novo pintando. Consegui enxergar todas as mudanças é totalmente impossível mas, ainda sim, é possível identificar em nosso cotidiano o que deixamos de fazer por conta da facilidade que a tecnologia nos proporciona.

Primeiramente, impossível não perceber isso hoje, mas se perder era a "coisa mais fácil do mundo". Se você fosse viajar para um lugar em que nunca esteve antes, teria que comprar um mapa em uma banca de jornais, que você iria quebrar a cabeça para entender, consultar amigos, amigos de amigos, e assim vai! Mesmo assim você ainda teria uma grande possibilidade de se perder.

Mas isso tudo porque ainda não existia o GPS ou até mesmo o "Google Maps". Com o acesso a essas ferramentas, se perder praticamente é impossível. Lógico que nem tudo são rosas, mas a probabilidade é bastante reduzida se comparada ao nosso passado próximo.

Outra coisa ruim era saber os filmes que estavam em cartaz no cinema. Lembro que isso só era possível de duas maneiras: indo ao cinema ou pelos anúncios de jornais. Se já era difícil saber o filme em cartaz. Imagina saber a hora! As pessoas eram capazes de recortar o anúncio do jornal, com os horários do filme para não ter problemas. Saber qual a história do filme, praticamente, apenas com o boca a boca.

Hoje em dia com o avanço e popularização da internet existem diversas formas de saber a programação do cinema. Aqui mesmo, no Portal ACESSA.com, disponibilizamos a programação dos cinemas de nossa cidade. Os traileres dos filmes são amplamente divulgados na rede e saber se vai valer a pena assistir é fácil. Só para se ter uma ideia, hoje já compramos ingressos de cinema online. Você nem lembrava de como era ir no cinema antes, né?

Nossos hábitos estão mudando em paralelo com o avanço da tecnologia, apesar de nem todos absorverem estes avanços simultaneamente.

Mais artigos

Adilson Almeida é bacharelando em Sistemas de Informação. É Analista de Suporte Jr. participando da implantação do sistema SIGA Saúde na cidade de Juiz de Fora. Participante ativo do projeto Prevenus, que estuda as prevenções para doenças ocupacionais na área de informática.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.